PUBLICIDADE

Vídeo de Javier Milei imitando cantor argentino na TV volta a viralizar após eleições; veja

O presidente eleito da Argentina aparece imitando o cantor e cineasta Leonardo Favio em um programa televisivo de 2018, onde sua então namorada também imitou Shakira

Foto do author Carolina Marins
Por Carolina Marins

Um vídeo do agora presidente eleito da Argentina, Javier Milei, cantando e imitando os gestos do cantor Leonardo Favio voltou a viralizar esta semana nas redes sociais após a sua vitória nas eleições presidenciais. Nas gravações de 2018, o libertário aparece vestido de preto, com uma bandana florida na cabeça e expressões sérias, que condiziam com o tom da música romântica que cantava.

PUBLICIDADE

O vídeo é do programa La tribuna de Guido, conduzido pelo apresentador Guido Kaczka no canal ElTrece. As cenas foram transmitidas na televisão aberta em 7 de novembro de 2018 e voltaram a circular este ano, quando o próprio canal reviveu o vídeo. A primeira vez que a apresentação viralizou foi em agosto deste ano, logo após as eleições primárias surpreendentemente vencidas por Milei, e voltou a circular nos últimos dias após o libertário ter sido eleito o novo presidente do país.

O líder do partido A Liberdade Avança imita o cantor, compositor e cineasta argentino vestindo suas roupas clássicas, como a bandana. Ele canta a canção “Fuiste mía un verano” (Você foi minha um verão) imitando os gestos do cantor que faleceu em 2012. O próprio Leonardo Favio aparece cantando em uma imagem projetada atrás de Milei.

No mesmo programa, pouco antes de Milei, também se apresentou sua então namorada Daniela Mori imitando a cantora Shakira. Na época, o libertário era professor da Universidade de Belgrano e brincou dizendo esperar que seus alunos não o vissem daquela forma.

No comentários do vídeo do canal ElTrece, apoiadores de Milei o chamavam de “presidente” enquanto outros o criticavam pela apresentação. Mas houve também quem fizesse a observação de que Milei estava homenageando um artista peronista.

Vídeo de Javier Milei imitando Leonardo Favio em programa de 2018 ressurge após eleições Foto: Reprodução/ElTrece

Favio, que além de cantor é conhecido por seu filme “Crónica de un niño solo” (Crônica de um menino solitário), produziu o documentário “Perón, sinfonía del sentimiento” (Perón, sinfonia do sentimento) sobre a história do peronismo e a vida do três vezes ex-presidente argentino Juan Domingo Perón. O artista se intitulava “um peronista que faz cinema”.

Em 1976, após o golpe militar que deu início à ditadura militar argentina (1976-1983), Favio se exilou no México e na Colômbia e não retornou ao país até 1987, quando retomou sua carreira. Ele morreu em novembro de 2012, aos 74 anos, por conta de uma pneumonia.

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.