PUBLICIDADE

Conheça Danielle Goldberg, o nome por trás dos looks de estrelas em ascensão em Hollywood

Artistas como Ayo Edebiri, Greta Lee e Olivia Rodrigo confiam na estilista quando precisam deslumbrar nos tapetes vermelhos

Por Christopher Barnard (The New York Times)
Atualização:

Danielle Goldberg estava sentada à mesa com os olhos grudados na tela de um laptop. Ali se via a atriz Greta Lee, experimentando um vestido de cetim, cor de polpa de banana.

“Este vestido não pode amassar”, disse Goldberg, 40 anos, apertando os olhos para focar em uma pequena dobra na parte inferior da peça personalizada da Loewe. (Lee é uma das embaixadoras da marca). Era nove da noite de um sábado de janeiro, véspera do Globo de Ouro, e Goldberg estava conduzindo a prova em vídeo desde seu estúdio em Nova York, com Lee brilhando na tela desde a casa dela, em Los Angeles.

PUBLICIDADE

“O que está acontecendo agora”, disse Goldberg sobre o vestido na tela, “não pode acontecer lá na hora. Tem que ser perfeito”. Nanaz Hatami, alfaiate com quem Goldberg trabalha há cinco anos e que estava com Lee, entrou em ação.

As provas em vídeo têm sido uma solução para a estilista, já que ela vem fazendo malabarismos com as demandas de trabalho: nos últimos tempos, além de Lee, ela vestiu a atriz Ayo Edebiri e a cantora e compositora Olivia Rodrigo para suas participações na temporada de premiações.

A estilista Danielle Goldberg foi reconhecida por praticar a sobriedade ao vestir celebridades Foto: Isabelle Zhao/The New York Times

Goldberg, que mora no centro de Manhattan com o marido, Michael Goldberg, diretor de criação, e o filho pequeno, não gosta de passar muito tempo fora de casa, se puder. Principalmente agora que ela está grávida mais uma vez.

No meio da prova com Lee, flashes vermelhos começaram a aparecer no canto inferior do laptop de Danielle Goldberg. Eram fotos da assistente da estilista em Los Angeles mostrando Edebiri e seu vestido personalizado, feito de cetim escarlate, da Prada. Na noite seguinte, milhões de telespectadores viram Edebiri agarrar a cauda do vestido enquanto recebia o Globo de Ouro de melhor atriz em musical ou comédia de TV.

No domingo seguinte, Goldberg já estava preparando outro look com Edebiri, dessa vez pessoalmente, em um hotel de Los Angeles, onde as duas se encontraram antes do Critics Choice Awards. Em uma videochamada do quarto do hotel, Goldberg explicou que o look da atriz – um terno branco mais folgado da Row e óculos de sol Oliver Peoples com aro metálico – foi inspirado nos trajes usados por Whoopi Goldberg nos anos 90.

Publicidade

Para a premiação do Globo de Ouro deste ano, Goldberg vestiu Ayo Edebiri, estrela da série 'O Urso', com um Prada vermelho personalizado Foto: Sinna Nasseri/The New York Times

Danielle Goldberg trabalha com Edebiri há apenas alguns meses: a equipe da atriz procurou a estilista depois de gostar de seu trabalho com Lee e com a modelo e atriz Kaia Gerber. (Os honorários de estilista de celebridades de Goldberg geralmente são pagos por estúdios e marcas que trabalham com seus clientes). Edebiri, 28 anos, disse que Goldberg teve um papel crucial na sua ascensão depois que ela recebeu uma série de elogios por seu trabalho na série O Urso.

Ela segurou as lágrimas ao descrever como o estilo de Goldberg a fez se sentir confortável e, portanto, confiante. “A gente tem umas conversas”, disse Edebiri. “Às vezes é uma ode a Whoopi. Então posso ter essas coisas em mente quando estou tirando fotos, o que é divertido. É como uma atriz contando uma história”.

“Eu posso ser eu mesma”, disse ela, “mas também tenho essa armadura feita de roupas”.

PUBLICIDADE

Chioma Nnadi, chefe de conteúdo editorial da Vogue britânica, disse que Edebiri fez “escolhas de moda fortes” que refletem seu “senso de humor e energia juvenil” – um equilíbrio, acrescentou Nnadi, que é difícil de alcançar. A capacidade de Goldberg de moldar a aparência de uma estrela em ascensão, disse ela, “é muito poderosa”.

Os looks recentes que Goldberg estilizou – entre eles um conjunto de penas e luvas de ópera Bottega Veneta que Edebiri usou no British Academy Film Awards em 18 de fevereiro passado, e o vestido Versace branco e vintage de Rodrigo no Grammy – refletem seu objetivo de criar um “momento que parece uma declaração silenciosa”, como ela disse.

Zanna Roberts Rassi, correspondente de moda do E! Live from the Red Carpet, descreveu a estética de Goldberg como um antídoto para a extravagância que vem sendo adotada como roupa formal. “Sabe quando você está numa reunião e tem uma pessoa que fala baixinho, mas você a escuta?”, disse Rassi. “Ela é bem isso”.

Lee, 40 anos, caracterizou seu relacionamento com Goldberg como um “sonho de colaboração”. A atriz de Vidas Passadas disse que as roupas que elas escolheram – como o vestido Bottega Veneta laranja-sangue que ela usou no Governors Awards no mês passado, em Los Angeles – não são para chamar a atenção, mas “só para nós e para mais ninguém”.

Publicidade

Elas se conheceram em 2013, quando Goldberg fez um trabalho no departamento de guarda-roupa de um programa de TV do qual Lee era convidada. Anos depois, Lee convidou Goldberg para vesti-la enquanto ela se preparava para promover outro programa de TV.

A estilista colocou a atriz, que na época estava grávida, em um vestido de estampa floral da coleção Balenciaga de Nicolas Ghesquière. “Eu sabia que queria fazer algo mini, mesmo ela estando grávida”, disse Goldberg. “A moda de Greta não é fácil, mas ela faz parecer que é fácil”.

Lee disse que seus momentos no tapete vermelho não poderiam ter sido alcançados sem a pesquisa exaustiva de referências e a memória enciclopédica da estilista. Goldberg começou a aprender sobre a indústria da moda desde cedo: seu pai, Oded Nachmani, fundou uma linha de roupas esportivas contemporâneas chamada Coolwear pouco depois de ela nascer. (Sua mãe, Carrie Nachmani, inventou o nome da marca, hoje extinta).

Goldberg, que está grávida de uma menina, segunda filha do casal, no estúdio dela no 21º andar de um edifício em Lower Manhattan, não muito longe de onde mora Foto: Isabelle Zhao/The New York Times

Em uma quarta-feira no final de janeiro, Goldberg estava em seu estúdio organizando o guarda-roupa de Rodrigo para o Grammy e o de Edebiri para o Saturday Night Live (espartilho e calças Thom Browne). “Se eu não estivesse grávida, estaria embarcando no primeiro voo para Los Angeles depois do SNL, para o Grammy”, disse ela.

Sua menina vai nascer em maio – mesma semana do Met Gala. Licença maternidade não existe na profissão que ela escolheu, brincou Goldberg. Mas folga, segundo Lee, não é algo que a estilista procure com frequência. “Danielle fica totalmente saciada com o trabalho”, disse ela. “Ela é incansável”.

/ TRADUÇÃO DE RENATO PRELORENTZOU

Este artigo foi originalmente publicado no New York Times.

Publicidade

The New York Times Licensing Group - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito do The New York Times

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.