Computadores portáteis já vendem mais que os de mesa nos EUA

Preço de portáteis tem diminuído de acordo com a evolução tecnológica das máquinas

PUBLICIDADE

Por Agencia Estado
Atualização:

Num claro sinal de que a era da computação móvel chegou, os notebooks ultrapassaram os desktops em número de unidades vendidas nos EUA pela primeira, segundo um levantamento da Current Analysis. Após rastrear as vendas de grandes lojas, a Current Analysis chegou à porcentagem de 53% de notebooks vendidos em maio contra 46% no mesmo período do ano passado. Atendendo à demanda, os preços dos computadores portáteis têm diminuído de acordo com a evolução tecnológica das máquinas. O preço dos notebooks caiu 17% em um ano enquanto os desktops apenas 4%. A tecnologia sem fio é o que mais impulsiona a venda dos notebooks. No ano passado, cerca de 80% dos computadores portáteis vinham pré-configurados para redes sem fio. Neste ano, apenas 5% deles não estão preparados. Para Sam Bhavnani, analista da Current Analysis, "houve um tempo onde as pessoas esperavam a resposta de um e-mail em dias". "Hoje elas esperam em 24 horas. Elas querem estar conectadas onde estiverem", argumenta Bhavnani.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.