PUBLICIDADE

Instagram vai permitir que usuários baixem cópia de seus dados

Usuários poderão saber que tipo de informações a rede social de fotos guarda sobre si; anúncio faz parte de esforço do Facebook para ser mais transparente sobre privacidade

PUBLICIDADE

Por Agências
Rede social não tinha função de download de dados; Facebook a possui desde 2010 Foto: Reuters/Charles Platiau

A rede social Instagram anunciou nesta quarta-feira, 11, que vai permitir em breve que seus usuários possam baixar uma cópia de todo o conteúdo que já publicaram na rede social, disse uma porta-voz da empresa. 

PUBLICIDADE

A abertura acontece no momento em que cresce a preocupação com a privacidade dos usuários em redes sociais e a quantidade de dados que as empresas coletam e armazenam sobre eles. O recurso também foi anunciado no mesmo dia em que Mark Zuckerberg, presidente do Facebook, empresa que é dona do Instagram, prestou depoimentos sobre privacidade na Câmara dos Deputados dos EUA. 

Enquanto o Facebook permite desde 2010 que seus usuários baixem suas fotos, mensagens, os anúncios que clicaram e um registro de toda sua atividade na plataforma, incluindo até mesmo todos as curtidas feitas, o Instagram não tinha uma função. 

"Estamos construindo uma ferramenta de portabilidade", disse o Instagram. Na ferramenta, os usuários poderão baixar suas fotos, vídeos e mensagens, além de outros dados que a empresa guarda sobre cada conta. 

Se a ferramenta for lançada antes de 25 de maio, será um passo importante para o Facebook estar em acordo com a nova regulação europeia de proteção de dados (GDPR, na sigla em inglês). A empresa, que tem hoje 800 milhões de usuários, não disse porém quando deve lançar o novo recurso. 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.