PUBLICIDADE

Meta agora tem site próprio para gerar imagens com IA; veja como funciona

Empresa de Mark Zuckerberg é mais uma a apostar em ferramentas com inteligência artificial

Foto do author Bruna Arimathea
Por Bruna Arimathea

A onda das inteligências artificiais (IA) que geram imagens a partir do comando de usuários chegou também na Meta, dona do Instagram, Facebook e WhatsApp. Depois de anunciar ferramentas generativas em suas redes sociais, a empresa lançou nesta quarta-feira, 6, seu próprio site de “fabricação” de conteúdo. Chamada Imagine with Meta AI, a plataforma é semelhante a geradores de imagem como DALL-E, da OpenAI, e Stable Diffusion, da Stablility.ai.

PUBLICIDADE

O site traz uma interface bastante simples: uma caixa de texto pode ser preenchida pelo usuário com comandos para que a IA gere uma imagem qualquer. A partir de então, quatro imagens ficam disponíveis na tela, todas com uma marca d’água que, segundo a Meta, não desaparece mesmo quando o arquivo é cortado ou redimensionado — a ideia é deixar claro que a imagem é fabricada por uma IA.

“[As marcas d’água são] resistentes a manipulações comuns de imagens, como corte, redimensionamento, mudança de cor (brilho, contraste etc.), capturas de tela, compactação de imagem, ruído, sobreposições de adesivos e muito mais”, afirmou a Meta em seu blog. “Nosso objetivo é trazer marcas d’água invisíveis para muitos de nossos produtos com imagens geradas por IA no futuro.”

Imagine with Meta AI é nova plataforma de geração de imagens da empresa de Mark Zuckerberg Foto: Meta/Divulgação

A plataforma é, ainda, equipada com uma IA específica para geração de imagens, chamada Emu, lançada pela empresa em setembro deste ano. O software é uma derivação do modelo de linguagem ampla (LLM, na sigla em inglês) Llama 2, que a Meta utiliza em seus principais recursos de IA nas redes sociais.

Para usar o Imagine with Meta AI é preciso ter um perfil em uma rede social da empresa — Facebook ou Instagram — ou ter um email cadastrado na conta geral da empresa. A ferramenta está disponível, até o momento, apenas nos EUA e é gratuita. Ainda não há previsão para a chegada da plataforma ao Brasil.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.