PUBLICIDADE

Startup Mecanizou levanta US$ 14,5 milhões para crescer no setor de peças automotivas

Empresa planeja ampliar as operações em São Paulo

Foto do author Elisa Calmon
Por Elisa Calmon

A startup Mecanizou, que conecta oficinas mecânicas e revendedoras a fornecedores de peças automotivas, acaba de captar US$ 14,5 milhões, cerca de R$ 76 milhões. A rodada série A foi liderada pela gestora brasileira monashees e contou também com a participação de Alexia Ventures, FJ Labs e Dalus Capital. Com o montante, a empresa planeja ampliar a área de atuação em São Paulo, hoje concentrada na Zona Norte da capital paulista.

“O objetivo é ganhar escala e investir em tecnologia para crescer sem perder a qualidade do serviço”, explica Ian Faria, CEO e cofundador da Mecanizou, que tem também no currículo a criação da ClickBus e a expansão da Kavak no Brasil. Ele destaca que, neste primeiro momento, a empresa está focada em consolidar a atuação em São Paulo para depois desembarcar em outras regiões do País.

PUBLICIDADE

A expansão para novas áreas da capital paulistana já teve início em fevereiro, mas deve ganhar força a partir do novo investimento. Até o final do ano, a empresa planeja chegar a outras partes da cidade, assim como ABC e Guarulhos. Atualmente, mais de mil estabelecimentos utilizam a plataforma da Mecanizou.

A solução da startup permite que oficinas mecânicas e revendedores de autopeças consigam encontrar os itens corretos para cada automóvel, em uma base de mais de 200 fornecedores, com 600 mil itens disponíveis em estoque virtual. Os serviços são disponibilizados por meio de aplicativo ou WhatsApp. A entrega acontece em torno de 50 minutos.

Estima-se que, apenas no Brasil, o segmento de reposição de autopeças reúna 200 milhões de códigos de produtos, mais de 120 mil oficinas mecânicas e 40 mil fornecedores, segundo a Mecanizou.

O mercado de oficinas mecânicas no Brasil é muito grande e pulverizado, sem ninguém que tenha conseguido digitalizar essa cadeia, comenta Rodrigo Aldrighi, diretor na monashees, venture capital que liderou as últimas duas rodadas de investimento da startup. “A Mecanizou tem essa missão e, tão importante quanto, o time para executar isso”, avalia o executivo. Em janeiro de 2022, a empresa já havia captado US$ 4 milhões em rodada seed.

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.