PUBLICIDADE

Uber escolhe a bolsa de valores de Nova York para abrir capital, diz fonte

Com decisão, empresa tenta se diferenciar do rival Lyft e segue caminho do Snapchat e do Twitter

Por Redação Link
Atualização:
O Uber contratoubancos de investimento para assessorarem sua oferta pública inicial de ações Foto: Hannah Mckay/Reuters

O Uber decidiu que vai abrir seu capital na bolsa de valores de Nova York (NYSE, na sigla em inglês), disse uma fonte próxima ao assunto à agência de notícias Bloomberg. Com expectativa de fazer sua oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) em abril, a startup pode chegar a valer US$ 120 bilhões – o IPO pode ser o maior do ano. 

PUBLICIDADE

Com a decisão de abrir capital em Nova York, o Uber toma uma rota diferente de seu maior rival no mercado americano, o Lyft, que já decidiu escolher a bolsa de valores Nasdaq para sua entrada no mercado aberto. A Nasdaq é a casa de muitas empresas de tecnologia, como Google, Microsoft e Apple. No entanto, desde que uma falha técnica atrapalhou o IPO do Facebook, em 2012, muitas empresas têm optado pela NYSE. 

Foi o caso do Twitter, em 2013, da Snap, em 2017 e também do e-commerce chinês Alibaba, em 2014. Além disso, pesa o fato de que o diretor financeiro do Uber, Nelson Chai, já trabalhou na NYSE. Outro fator é de que o conselheiro do Uber John Thain foi presidente executivo da NYSE entre 2004 e 2007. 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.