Alckmin: menor contraprestação ganhará linha 6

O governador Geraldo Alckmin afirmou nesta segunda-feira, 9, que a empresa que exigir a menor contraprestação do governo ganhará a licitação da linha 6 - laranja do metrô. O novo edital da parceria Público-Privada (PPP) será publicada nesta terça, 10, no Diário Oficial. "É uma PPP integral, o setor privado tem que desapropriar, mas a desapropriação será paga pelo governo, porque há uma grande insegurança na questão das desapropriações. Vai ganhar a licitação quem exigir a menor contraprestação por parte do governo", explicou Alckmin.

BEATRIZ BULLA, Agência Estado

09 de setembro de 2013 | 14h12

A linha 6- Laranja fará a ligação da Brasilândia à estação São Joaquim, no centro, passando ainda por regiões como Perdizes e Pacaembu.

O governador fez as declarações em cerimônia de inauguração da estação Vila Aurora da Linha 7 - Rubi da CPTM, em São Paulo. A inauguração da obra atrasou porque, conforme explicou Alckmin, a empresa responsável pela obra "quebrou" e o contrato teve de ser rompido e realizada uma nova licitação.

Caso Siemens

Questionado sobre o caso Siemens, que envolve o suposto caso de cartel em licitações de trem e metrô no Estado, Alckmin voltou a dizer que o governo quer "transparência absoluta e punição exemplar". O governador comentou ainda os protestos que aconteceram no final de semana na capital paulista e disse que apoia as manifestações, mas classificou como "barbárie" atos violentos de depredação.

Mais conteúdo sobre:
metrôlinha 6edital

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.