Djokovic vence na Austrália e faz imitação de Becker

O sérvio Novak Djokovic personificiou o seu novo treinador Boris Becker dentro e fora da quadra em mais uma perfomance impecável para passar às quartas-de-final do Aberto da Austrália neste domingo.

SIMON CAMBERS, Reuters

19 de janeiro de 2014 | 12h30

O atual campeão e três vezes ganhador do torneio massacrou o italiano cabeça de chave número 15, Fabio Fognini, por três sets a zero (6-3, 6-0, 6-2).

Djokovic perdeu apenas dez pontos no seu saque, uma especialidade de Becker, durante toda a partida, e a Fognini só restou brincar no último set numa tentativa de distrair o cabeça de chave número 2.

No entanto, a brincadeira veio mesmo depois, quando o sérvio imitou o jeito de sacar, andar e os gestos de Becker, enquanto o alemão assistia da plateia.

"Eu vi as reações dele", disse o tenista para a imprensa. "Quando acertei os saques, ele estava feliz e aplaudindo."

"Quando eu disse como ele é hoje, com os problemas nas costas e tudo mais, ele não se mostrou tão feliz. Ficou chateado. Mas é tudo para dar boas risadas."

"É a primeira vez depois de muito tempo que eu faço a imitação do Becker. Não sei como eu me saí. Foi OK? Vou ter que ganhar uns quilos e pintar o cabelo para uma imitação do Becker de verdade".

Se Djokovic estava brincalhão depois do jogo, durante a partida ele foi bastante sério.

Depois de quebrar o saque de Fognini uma vez para vencer o primeiro set, ele levou 14 dos 15 pontos seguintes e fez 4 a 0 no segundo.

Djokovic admitiu estar feliz com o seu jogo.

"Estou trazendo esta confiança das minhas vitórias nos últimos dois meses de 2013, e estou começando esta temporada bem. Estou tentando manter", afirmou.

O sérvio disse que foi um desafio manter a seriedade quando Fognini brincou durante a partida e chegou a jogar a raquete para ele por cima da rede.

O próximo adversário de Djokovic é o oitavo cabeça de chave, Stanislas Wawrinka, ou Tommy Robredo.

Mais conteúdo sobre:
TENNISAUTRALIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.