Homem é preso acusado de atropelar 3 em SP

O funileiro Roberto dos Santos Leal foi preso hoje acusado de atropelar com um Ford Del Rey três pessoas que caminhavam no acostamento de uma estrada vicinal em Presidente Epitácio, no interior de São Paulo. Uma das vítimas, Cláudia Sabino de Souza, morreu. O marido dela, Marco Antonio de Oliveira, e a sobrinha deles ficaram feridos e foram socorridos no pronto-socorro do município. Segundo a Polícia Civil, Leal foi submetido a exames para verificar se estava alcoolizado. À polícia, ele teria contado que ouviu apenas um barulho e, em seguida, viu o pára-brisa do carro quebrado. Após o acidente, o motorista foi detido pela Polícia Militar. Ele está preso na cadeia da cidade de Presidente Venceslau e deve ser autuado por homicídio culposo, omissão de socorro e lesão corporal culposa.

ELVIS PEREIRA, Agencia Estado

14 de outubro de 2007 | 18h34

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.