Montadoras produzem 8,4% mais em maio ante abril

As montadoras de veículos registraram alta de 8,4 por cento na produção de maio em comparação com abril, apesar de problemas como greves e paralisações que atingiram o setor no mês passado.

REUTERS

06 Junho 2011 | 14h31

A produção de maio foi de 303,5 mil automóveis, comerciais leves, ônibus e caminhões, após 280,1 mil unidades em abril e 297,3 mil no mesmo mês de 2010, informou nesta segunda-feira a associação de montadoras, Anfavea.

O resultado aconteceu mesmo diante de greves e paralisações em fábricas no mês passado que ocorreram com campanhas de metalúrgicos em torno de melhores participações em lucros e resultados.

Uma das fábricas que foi afetada pela mobilização dos metalúrgicos é a da Volkswagen em São José dos Pinhais (PR), que nesta segunda-feira completou 33 dias de paralisação. A unidade produz o popular modelo compacto Fox e os trabalhadores cobram participação nos lucros de 12 mil reais.

No acumulado de janeiro a maio, a produção de veículos no Brasil por todas as montadoras instaladas no país atingiu 1,41 milhão de veículos, crescimento 3,7 por cento na comparação com o mesmo período de 2010.

O setor teve vendas de 318,5 mil veículos novos em maio, expansão de 10,1 por cento sobre abril e de 26,9 por cento na comparação anual. Nos cinco primeiros meses do ano, as vendas somaram 1,43 milhão de unidades, 8,8 por cento mais que um ano antes.

As exportações somaram 1,05 bilhão de dólares em maio, após 1,06 bilhão de dólares em abril e 961,3 milhões de dólares em maio de 2010. Em unidades, as exportações de maio recuaram 7,8 por cento sobre um ano antes, para 44,9 mil unidades.

RANKING

A Fiat manteve liderança do mercado de automóveis e comerciais leves no mês passado, com vendas de 66,8 mil veículos nessas categorias, após 60,5 mil em abril.

A Volkswagen aparece em seguida, com vendas de 62,7 mil unidades no mês passado, após 52,5 mil em abril. General Motors e Ford registraram emplacamentos em maio de 55,6 mil e 27,3 mil unidades, respectivamente, contra 51,4 mil e 27,6 mil em abril.

CAMINHÕES

Segundo a Anfavea, a produção de caminhões cresceu 37,9 por cento em maio sobre abril, para 18.498 unidades, e as vendas subiram 12,1 por cento, para 15.142 unidades. Desse total vendido, 4.906 foram modelos pesados.

A Mercedes-Benz vendeu 1.077 caminhões pesados em maio, ante 1.148 em abril. A Scania comercializou 1.121, depois de 1.177 no mês anterior, enquanto a Volvo vendeu 1.265 unidades, após 1.154 em abril.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Mais conteúdo sobre:
AUTOS ANFAVEA MAIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.