Os destaques do 'Estadão Noite' desta sexta-feira, 21

Edição exclusiva para tablets está disponível para download a partir de 20h

O Estado de S. Paulo

21 Agosto 2015 | 19h48

O Estadão Noite desta sexta-feira, 21, traz a análise do economista e advogado José Matias-Pereira, professor de Administração Pública da Unb, sobre as posturas do ex-presidente FHC, do presidente da Câmara Eduardo Cunha e da presidente Dilma Rousseff após as manifestações e recentes denúncias de corrupção da Lava Jato.

O colunista Celso Ming aborda o 'drama' do modelo de negócio inovador baseado em novas tecnologias a partir do caso do WhatsApp, aplicativo de mensagens instantâneas online.

A advogada Rosane Rosolen de Azevedo Ribeiro, que fez a sustentação oral representando a CADES - Central de Articulação das Entidades de Saúde no julgamento no STF, discorre sobre a questão da descriminalização das drogas no País. 

Antonio Fernando Monteiro Camargo, professor doutor do Departamento de Ecologia do Instituto de Biociências da Unesp e responsável pela disciplina Ecologia da Poluição do Curso de Graduação em Ecologia, comenta a polêmica sobre a poluição na Baía de Guanabara.

Para completar, Reginaldo Leme trata dos 70 anos de GP da Bélgica e 900 largadas da equipe Ferrari no Mundial.

O leitor pode baixar a edição, exclusiva para Ipad e aparelhos com sistema operacional Android, a partir das 20h, por meio do aplicativo do Estadão. Assinantes não pagam.

Mais conteúdo sobre:
Estadão Noite

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.