Suíça aprova uso de heroína para tratar viciados

Em referendo, suíços optaram por tornar o tratamento parte das políticas púlbicas.

Da BBC Brasil, BBC

30 Novembro 2008 | 15h42

Os eleitores suíços aprovaram por ampla maioria neste sábado o uso da heroína no tratamento de pessoas viciadas na droga. De acordo com os resultados finais de um referendo realizado no país neste domingo, 68% apóiam uma mudança na política de saúde pública do governo que prevê a adoção de um tratamento que receitaria a heroína para os dependentes químicos. O tratamento já vem sendo utilizado há 14 anos como parte de um projeto-piloto em Zurique. Com o resultado do referendo, o novo método deve ser incorporado oficialmente às políticas de saúde do governo. A Suíça será o primeiro país a adotar o tratamento como parte de suas políticas públicas. Os opositores da proposta afirmam que receitar heroína para os viciados pode influenciar os jovens, além de prejudicar os próprios dependentes químicos. Autoridades que defendem a proposta afirmam que diminuiu o número de crimes cometidos por viciados em heroína desde o início do programa piloto. No mesmo referendo, os suíços rejeitaram a descriminalização do uso da maconha. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.