Foto do(a) blog

Fique por dentro do cotidiano da pequena empresa como você nunca viu antes.

Opinião|Empresa cria software que promete melhorar arrecadação de prefeituras

Na prática, a tecnologia da Gove enriquece informações cadastrais de contribuintes, ajudando a tornar os cadastros mais robustos e eficazes

PUBLICIDADE

Promover sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável, proporcionar o acesso à justiça para todos e construir instituições responsáveis em todos os níveis é a base do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável #16. No resumo, esse ODS aborda paz, justiça e instituições eficazes. Vou lançar mão desse último item – sobre o fortalecimento das instituições – para contar sobre como um negócio de impacto social tem endereçado esse desafio.

PUBLICIDADE

Fundada em 2016 com a missão de transformar o relacionamento entre governos, cidadãos e pessoas, a Gove promove eficiência na arrecadação de tributos via software de relacionamento com contribuintes. Na prática, a tecnologia enriquece informações cadastrais sobre pessoas e empresas no município, contribuindo para tornar os cadastros mais robustos e eficazes. Oferecem, ainda, uma ferramenta de automação de comunicação do governo com os contribuintes via e-mail, SMS e WhatsApp, fazendo com que eles sejam alertados sobre o vencimento de tributos ou a inscrição em dívida ativa, por exemplo.

O software disponibiliza à administração pública municipal, ainda, um chatbot que atende os munícipes – sem a necessidade de uma equipe dedicada a essa tarefa, dentro da prefeitura. Com o uso do mecanismo, a startup promove maior agilidade para os servidores; maior praticidade para os contribuintes; e maior arrecadação para o município que, com mais recursos, pode investir na melhoria de políticas públicas para os munícipes.

Rodolfo Fiori, da empresa Gove, que criou software de impostos para modernizar relacionamento entre governos e pessoas Foto: Marco Torelli/Divulgação

Em conversa com o empreendedor Rodolfo Fiori, ele cita como exemplo o município de Araguaína no Tocantins. A Gove gerou um aumento na arrecadação de mais de R$ 9 milhões com ações de enriquecimento cadastral, redução de inadimplência e aumento do pagamento da cota única de impostos. Outro exemplo: o município de Salvador (BA) terá, até o final do primeiro ano de contrato, mais de 120 mil inscrições imobiliárias enriquecidas pelo software, que está sendo implementado em parceria com a Secretaria da Fazenda do município.

Fiori comentou, também, que além da Secretaria de Finanças municipais, diversas outras áreas podem utilizar a solução. Os municípios de Teresópolis e Areal – ambos no Estado do Rio de Janeiro – já utilizam o chatbot para permitir o agendamento de consultas médicas. O município de Igarapava, em São Paulo, está realizando a confirmação de consultas agendadas por meio de SMS, reduzindo o número de pessoas que faltam nas consultas médicas.

Publicidade

A transformação digital do setor público no Brasil impulsiona um movimento consistente de modernização da arrecadação e de maior transparência – o que se torna a porta de entrada para gerar mais eficiência das organizações. A missão da startup é modernizar a forma como as pessoas e as empresas se relacionam com o setor público no país, trabalhando para a construção de governos com mais tecnologia e com alto índice de satisfação de munícipes, servidores e dos negócios.

Opinião por Maure Pessanha
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.