EXCLUSIVO PARA ASSINANTES
Foto do(a) coluna

Coluna do Estadão

| Por Roseann Kennedy

Roseann Kennedy traz os bastidores da política e da economia, com Eduardo Gayer e Augusto Tenório

Alcolumbre barra acesso da imprensa à sabatina de Flávio Dino na CCJ do Senado

Presidente da CCJ permitiu somente a entrada de repórteres cinematográficos

PUBLICIDADE

Foto do author Augusto Tenório
Por Augusto Tenório

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, Davi Alcolumbre (União-AP), impediu o acesso de jornalistas à sabatina de Flávio Dino, indicado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ao Supremo Tribunal Federal (STF). Alcolumbre, cotado para concorrer à presidência da Casa em 2025, autorizou somente a entrada de repórteres cinematográficos.

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado ao lado do ministro da Justiça, Flávio Dino, indicado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ao Supremo Tribunal Federal. Foto: WILTON JUNIOR / ESTADÃO

PUBLICIDADE

A ordem de Alcolumbre foi confirmada pela Coluna junto à equipe de seguranças no local. A porta aberta, porém, mostrou que cadeiras da área dedicada à imprensa na sala da comissão permaneciam vazias. Além de Dino, a CCJ também analisa a indicação do subprocurador Paulo Gonet à Procuradoria-Geral da República (PGR).

A Coluna procurou a secretaria da CCJ e questionou se essa decisão já foi tomada em outras ocasiões. A equipe informou que sim, mas não soube especificar em quais reuniões a imprensa também teve acesso negado por orientação do presidente da comissão.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.