EXCLUSIVO PARA ASSINANTES
Foto do(a) coluna

Coluna do Estadão

| Por Roseann Kennedy

Roseann Kennedy traz os bastidores da política e da economia, com Eduardo Gayer e Augusto Tenório

Lula ignora Ana Moser e sequer agradece participação no governo

Confirmação da reforma ministerial não cita ministra demissionária do Esporte ao anunciar novo chefe da pasta

PUBLICIDADE

Foto do author Eduardo Gayer
Por Eduardo Gayer
Atualização:

Apoiadora do presidente Lula desde a campanha eleitoral, a ex-atleta Ana Moser acabou ignorada pelo governo no anúncio da reforma ministerial. Ela foi demitida nesta quarta-feira do Ministério do Esporte para o governo dar assento ao deputado federal André Fufuca (PP-MA), do Centrão, correligionário do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL).

PUBLICIDADE

Aliados da ministra demissionária ficaram revoltados com a postura do governo, que não citou Ana Moser na nota oficial que confirmou a reforma ministerial. “Não agradeceram pelo trabalho. Lamentável. A ministra não merecia”, comentou à Coluna uma das pessoas mais próximas da ministra demissionária,

Em julho, ao confirmar a substituição de Daniela Carneiro por Celso Sabino no Ministério do Turismo, o ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, afirmou em nota que a então ministra havia feito um “excelente trabalho pela recuperação do Turismo no Brasil”. Dizia ainda que o presidente agradecera pela “disposição dela de permanecer contribuindo com o governo no Congresso”. O mesmo tratamento não foi dispensado a Ana Moser.

FR12 SAO PAULO - SP - 09/03/2023 - ESPORTES - MINISTRA DO ESPORTES - Ana Beatriz Moser, ministra dos Esportes do Brasil. FOTO: FELIPE RAU/ESTADAO  Foto: Felipe Rau/Estadão
Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.