EXCLUSIVO PARA ASSINANTES
Foto do(a) coluna

Coluna do Estadão

| Por Roseann Kennedy

Roseann Kennedy traz os bastidores da política e da economia, com Eduardo Gayer e Augusto Tenório

Ministra da Saúde vai comparecer ao ato do 8 de janeiro mesmo em férias

Nísia Trindade decide manter período de descanso combinado com o governo; já Fernando Haddad vai interromper os dias fora do trabalho para participar de evento pela democracia

PUBLICIDADE

Foto do author Eduardo Gayer
Por Eduardo Gayer

A ministra da Saúde, Nísia Trindade, decidiu manter as férias entre os dias 2 e 11 de janeiro de 2024, embora o presidente Luiz Inácio Lula da Silva tenha convocado todos os seus auxiliares para uma cerimônia que será promovida no Senado, com o objetivo de marcar o primeiro “aniversário” dos ataques golpistas do 8 de janeiro. De acordo com o Ministério da Saúde, Nísia participará do ato mesmo em férias.

Já o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, interromperá o descanso entre os dias 8 e 9 de janeiro, como consta do Diário Oficial da União (DOU). As férias de Haddad estavam marcadas para o período de 2 a 12 de janeiro, mas ele preferiu retornar a Brasília para comparecer ao evento idealizado por Lula, que também reunirá governadores, ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e outras autoridades. Depois disso, Haddad sairá novamente de férias. O governo trata o ato como a celebração da vitória da democracia.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) com seus auxiliares, durante reunião ministerial realizada em 3 de novembro. Foto: WILTON JUNIOR/ESTADÃO
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.