PUBLICIDADE

Haddad vai interromper férias para participar de ato por democracia em 8 de janeiro

Ministro da Fazenda se afastará entre os dias 2 e 7 de janeiro, retorna para o ato e sai novamente para descansar de 10 a 12 do mesmo mês

Foto do author Amanda Pupo
Por Amanda Pupo

BRASÍLIA - O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, vai interromper suas férias em janeiro por dois dias para participar da cerimônia marcada para lembrar os ataques aos prédios das sedes dos Três Poderes em 8 de janeiro de 2023 e reforçar compromissos com a democracia.

Inicialmente, o ministro teria um período de descanso de 2 a 12 de janeiro. Contudo, um novo despacho, publicado hoje no Diário Oficial da União, informa que o ministro irá tirar férias de 2 a 7 de janeiro e de 10 a 12 de janeiro.

Fernando Haddad, ministro da Fazenda, vai interromper as férias para participar de ato que lembra os ataques de 8 de janeiro Foto: Washington Costa/MF

PUBLICIDADE

A previsão é de que, com a interrupção, Haddad possa marcar presença no ato do dia 8 de janeiro, que foi anunciado recentemente pelo ministro da Justiça e Segurança Pública e futuro ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Flávio Dino.

Segundo Dino, a cerimônia vai ocorrer às 15 horas, no Senado Federal. O presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG) e o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luís Roberto Barroso, são esperados para o evento.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.