Média Estadão Dados mostra Lula com 45% e Bolsonaro com 33%

Cálculo do agregador de pesquisas considera levantamentos mais recentes e dá mais peso aos presenciais

PUBLICIDADE

Por Daniel Bramatti
Atualização:

O agregador de pesquisas eleitorais do Estadão Dados já está atualizado com os dados divulgados no dia 29/08 pela empresa FSB. Segundo a Média Estadão Dados, calculada pelo agregador, Luiz Inácio Lula da Silva tem 45% das intenções de voto e Jair Bolsonaro, 33%.

PUBLICIDADE

Se forem considerados apenas os votos válidos (sem contar nulos, brancos e indecisos), o candidato petista lidera por 51% a 38%.

O agregador é uma ferramenta interativa cujos gráficos mostram o cenário mais provável da corrida presidencial nos últimos seis meses, segundo nossa metodologia. Nele, além de consultar a Média Estadão Dados, é possível ver de forma separada as estimativas das pesquisas presenciais e telefônicas.

Agregador de pesquisas do 'Estadão' calcula média do cenário eleitoral.  Foto: Média Estadão Dados

A Média Estadão Dados não é a simples soma dos resultados e divisão pelo número de pesquisas. O cálculo, atualizado diariamente, considera as linhas de tendência de cada candidato (se estão estáveis, subindo ou caindo) e atribui pesos diferentes às pesquisas segundo sua “idade” (a data de realização) e metodologia (consideramos que, na média os resultados são mais precisos quando os eleitores são entrevistados de forma presencial, em vez de por telefone).

Neste momento, os gráficos do agregador mostram 71 pesquisas sobre a corrida presidencial divulgadas nos últimos seis meses, mas nem todas são consideradas para estimar o desempenho atual dos candidatos.

Atualmente, entram na média as pesquisas das empresas que divulgaram pelo menos um levantamento nos últimos 23 dias. Essa janela de inclusão vai diminuir com o tempo. O objetivo é evitar que resultados desatualizados afetem os números do agregador.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.