PUBLICIDADE

Pastor da Assembleia de Deus declara apoio a Serra

Por Bruno Boghossian
Atualização:

O pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, declarou apoio ao candidato do PSDB a prefeito de São Paulo, José Serra. Ele justificou sua posição com críticas ao petista Fernando Haddad, que é atacado por grupos evangélicos pela criação do ''kit gay'' - material didático de combate à homofobia elaborado a pedido do Ministério da Educação durante a gestão de Haddad. "Povo de São Paulo! Gostaria de me omitir nesta eleição, mas não podemos deixar q Haddad, autor do kit gay, vá p/ o 2º turno. Vote em Serra!", escreveu o pastor, no Twitter.Malafaia é um dos principais críticos da união de casais homossexuais no segmento evangélico. Ele também ataca com frequência a elaboração do "kit gay" e responsabiliza diretamente Haddad pela criação do material. Em abril, ele havia dito ao Grupo Estado que se manteria neutro no 1.º turno, mas adiantou que faria campanha contra o petista caso ele avançasse na disputa.No 2.º turno da eleição presidencial de 2010, Malafaia havia declarado apoio a Serra contra Dilma Rousseff (PT), em meio a uma polêmica sobre o direito ao aborto que influenciou a disputa.Malafaia tem atuação religiosa no Rio, mas sua influência se estende a alas da Assembleia de Deus em São Paulo. Na eleição carioca, o pastor declarou apoio à reeleição do prefeito Eduardo Paes (PMDB).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.