PUBLICIDADE

Saiba quem é o homem que levou tapa na cara de Ciro Gomes

Tiê Rocha, agredido na noite de domingo por Ciro Gomes em evento público enquanto filmava a si mesmo, desmentiu ser filiado ao partido PSOL; partido confirma a negativa

Foto do author Karina Ferreira
Por Karina Ferreira
Atualização:

O homem agredido pelo ex-candidato à Presidência da República pelo PDT, Ciro Gomes, é Tiê Rocha de Sousa Oliveira, morador de Fortaleza (CE). Em uma biografia no site da Secretaria de Cultura e Turismo de Maracanaú, do governo do Estado do Ceará, o perfil de Tiê é descrito como “sertanejo, juremeiro, ativista lesbotransfeminista, ambientalista e antirracista”. Ainda segundo o site, ele participa como percussionista de diversos grupos culturais.

PUBLICIDADE

Tiê Rocha estudou Ciências Ambientais da Universidade Federal do Ceará, onde apresentou monografia em julho de 2022 sobre restauração de áreas degradadas.

No domingo, 3, circulou a informação nas redes sociais de que ele seria filiado ao Partido Socialismo e Liberdade (PSOL). Em seu perfil no Instagram, Tiê negou que seja filiado ao partido, e também que pretende se candidatar ao cargo de vereador nas eleições municipais de 2024, o que também foi cogitado na internet.

A Executiva do partido no Ceará publicou uma nota em seu perfil oficial no Instagram negando que o jovem agredido seja filiado à legenda. Na nota, o PSOL também repudia “qualquer tipo de agressão, seja ela verbal, psicológica ou física, motivada por questões de classe, gênero, orientação sexual, raça, física ou outra”.

Ainda no texto, o PSOL diz que nesse caso “há uma enorme desigualdade de poder que não pode ser omitida, que gera também consequências desiguais para as pessoas envolvidas, como os atos de transfobia nas redes demonstram”.

Tiê Rocha levou um tapa no rosto dado por Ciro na noite do último domingo, durante um show de samba em Fortaleza, no Ceará, berço político do pedetista. A agressão foi registrada em vídeo gravado pelo próprio agredido e divulgado pelo jornal cearense O Povo.

O homem, que se filmou durante toda a cena, se aproxima de Ciro e o provoca. “Diz para nós como é que rouba a população sem ser preso?”

Publicidade

O ex-presidenciável, que estava em uma área reservada do show, separado de Rocha por uma grade, rebate: “Quem deve saber isso é bandido, eu não sou”. Rocha afirma que Ciro “é bandido”, ao que o político responde com um tapa na cara.

Não é possível ver o momento exato da agressão, porque o vídeo está tremido. Na cena seguinte, Rocha acusa Ciro de racismo, ao questionar sobre a agressão. “Tu deu na minha cara, seu racista?”, questiona. Ciro responde: “Para você aprender a me respeitar”.

A Polícia Civil informou que foi registrada a ocorrência por uma pessoa de 31 anos neste domingo e que apura o caso. O Estadão tentou contato tanto com a assessoria do pedetista quanto com Tiê Rocha e aguarda resposta.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.