PUBLICIDADE

Chuva deixa litoral norte de SP em alerta quase um ano após tragédia; veja previsão para o sábado

Defesa Civil prevê que sábado será de sol e tempo abafado, podendo ocorrer pancadas de chuva no decorrer do dia

Por Fabio Grellet

A chuva que atingiu diversas cidades paulistas nesta sexta-feira, 5, foi mais intensa em três municípios: em 12 horas, Cubatão registrou 71 mm, Caraguatatuba recebeu 38 mm e São Sebastião, 16 mm, segundo a Defesa Civil do Estado. Até o início da noite de sexta, no entanto, não havia registro de vítimas, desabrigados nem desalojadas.

PUBLICIDADE

São Sebastião está em estado de alerta, segundo os critérios do Plano Preventivo de Defesa Civil. Em fevereiro do ano passado, dias de chuva intensa nessa cidade causaram desabamentos e a morte de 64 pessoas na cidade do litoral norte paulista, que atrai muitos turistas nesta época do ano.

Outros 25 municípios estão em estado de atenção: Cubatão, Mongaguá, Praia Grande, Aparecida, Arapeí, Areias, Bananal, Cruzeiro, Guaratinguetá, Lagoinha, Lavrinhas, Pindamonhangaba, Queluz, Roseira, São José do Barreiro, São José dos Campos, Ubatuba, Campos do Jordão, Santo Antônio do Pinhal, São Luís do Paraitinga, Amparo, Campinas, Joanópolis, Pedreira e Santo André.

Em fevereiro do ano passado, chuva destruiu casas e causou 64 mortes em São Sebastião. A Vila Sahy foi dos bairros mais atingidos Foto: Fernanda Luz / Estadão

Neste sábado, a Defesa Civil prevê que o dia será de sol entre algumas nuvens, gerando sensação de calor e abafamento em todo o Estado de São Paulo. Com o decorrer das horas, o calor e a umidade vinda do oceano vão criar condições para pancadas de chuva isoladas, seguidas por raios e vento. Na região metropolitana da capital a mínima será de 19°C e máxima, de 27°C, diz a Defesa Civil.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.