PUBLICIDADE

Foto do(a) blog

Paulistices, cultura geral e outras curiosidades

A realista escultura da santa

Madre Paulina ganha busto feito com base em reconstrução facial 3D; homenagem será apresentada às 9h desta terça (7), no Ipiranga

Por Edison Veiga
Atualização:

 Foto: Werther Santana/ Estadão

Santa Paulina ganhou uma escultura realista. O busto, extremamente fiel às feições que a religiosa tinha em vida, será apresentado aos fiéis às 9h desta terça (7), no Memorial Santa Paulina (Av. Nazaré, 470, Ipiranga).

PUBLICIDADE

A montagem e apresentação da escultura são resultado do trabalho da artista Mari Bueno, especialista em arte sacra. Ela realizou a pintura sobre a impressão 3D do rosto da santa, a convite dos coordenadores do projeto que reconstituiu o rosto da santa - o hagiólogo José Luís Lira e o designer Cícero Moraes. Moraes reconstruiu digitalmente a face de Paulina no ano passado - o processo foi noticiado com exclusividade pelo Estado (leia neste link).

Nascida Amabile Lucia Visintainer (1865-1942), a religiosa foi uma tirolesa que emigrou ao Brasil aos 10 anos. Fundadora da Congregação das Irmãzinhas da Imaculada Conceição, em 2002 acabou reconhecida pelo Vaticano como a primeira santa brasileira.

 Foto: Werther Santana/ Estadão

 Foto: Werther Santana/ Estadão
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.