PUBLICIDADE

Foto do(a) blog

O blog voltado ao cidadão e ao consumidor

Correios: leitor questiona demora na entrega de produtos

Empresa lamenta o atraso enfrentado pelo consumidor e afirma que a entrega foi realizada

Foto do author Renata Okumura
Por Renata Okumura

Eliel Meira afirma que pagou R$ 44 de imposto de importação de uma compra inferior a US$ 50. Ele questiona ainda a demora na entrega do produto.

PUBLICIDADE

Reclamação de Eliel Meira: “Estou indignado com os serviços do Correios. Cobraram R$ 44,00 de imposto de importação de uma compra inferior a US$ 50. E já faz mais de 20 dias que paguei o imposto e não recebi a encomenda. Ainda está parada em Curitiba. Descaso total. Por favor, me ajudem a denunciar essa falta de serviço que os Correios prestam. Desta forma, recorro ao Estadão para que os Correios cumpram com o serviço e a minha entrega seja efetuada.”

Resposta dos Correios: “A encomenda foi entregue ao consumidor. Pedimos desculpas pelos transtornos. Estamos enfrentando uma alta demanda de itens tributados e o consequente aumento do volume de objetos aguardando conferência de pagamento, o que pode resultar em um prazo de entrega mais longo do que o habitual. Destacamos que as encomendas que têm os impostos pagos no ato da compra (Programa Remessa Conforme) seguem com o prazo normal de entrega. Permanecemos à disposição para mais esclarecimentos.”

Leitor questiona demora na entrega de produtos. Foto ilustrativa.  Foto: Adobe Stock

Serviço de Atendimento dos Correios

Para informações sobre produtos e serviços, sugestão, elogio, reclamação e denúncia ligue para 3003-0100 - capitais e regiões metropolitanas (fixos e celular) e demais localidades (celular). Demais localidades (fixo): 0800 725 7282. Todo Brasil (fixo): 0800 725 0100. O horário de atendimento (exceto feriados) é de segunda à sexta das 8 horas às 20 horas e aos sábados das 8 horas às 14 horas.

Envie suas reclamações

Mande uma mensagem para o e-mail spreclama@estadao.com. Nossa reportagem vai apurar a denúncia e apresentar a resposta no blog Seus Direitos, um espaço voltado ao cidadão e ao consumidor.

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.