PUBLICIDADE

Foto do(a) blog

O blog voltado ao cidadão e ao consumidor

Ponte das Bandeiras: leitora questiona demora em obra na região

Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras (SIURB) informa que os trabalhos na Ponte das Bandeiras foram iniciados em janeiro deste ano e serão concluídos em janeiro de 2024

Foto do author Renata Okumura
Por Renata Okumura

Maria Amélia Oliveira questiona até quando vão ocorrer as obras na Ponte das Bandeiras no sentido da Ayrton Senna. Segundo ela, o trânsito está caótico na região, mesmo durante o fim de semana.

Reclamação de Maria Amélia Oliveira: “Passei no fim de semana pela Marginal do Tietê e está ainda caótico a passagem na altura da Ponte das Bandeiras no sentido da Ayrton Senna. Gostaria de saber qual o motivo da demora e até quando é a previsão das obras. Se no fim de semana, já fica ruim, imagino para as pessoas que trabalham e passam pela Marginal no dia de semana.”

Leitora reclama de demora de obras na Ponte das Bandeiras. Foto ilustrativa.  Foto: Adobe Stock

Resposta da Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras (SIURB): “A Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras (SIURB) informa que os trabalhos na Ponte das Bandeiras foram iniciados em janeiro deste ano e serão concluídos em janeiro de 2024. As obras seguem o cronograma previsto inicialmente. A Prefeitura de São Paulo está investindo R$ 79,7 milhões na recuperação e reforço estrutural da ponte, bem como no rebaixamento das pistas da Marginal. A obra conta hoje com 64 operários. Ao todo, mais de 60% dos serviços previstos já foram executados. Além da recuperação estrutural da ponte, que trará segurança aos motoristas e maior durabilidade para a estrutura, o rebaixamento das pistas da Marginal impedirá que veículos que trafegam pela via com altura acima da permitida colidam contra a ponte. Confira no link mais informações sobre os trechos interditados.”

Envie suas reclamações

Mande uma mensagem para o e-mail spreclama@estadao.com. Nossa reportagem vai apurar a denúncia e apresentar a resposta no blog Seus Direitos, um espaço voltado ao cidadão e ao consumidor.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.