Pesquisa aponta que população negra é infectada 2,5 vezes mais que a de brancos na capital paulista

Amostras de sangue indicam que 19,7% dos participantes que se identificam como negros possuem anticorpos à covid-19, enquanto que nos que se declaram brancos era de 7,9%

PUBLICIDADE

Por João Prata
Atualização:
pesquisa Foto: Thomas Peter/Reuters