PUBLICIDADE

Camboriú terá pista de dança dentro de avião; saiba como vai ser

Pedaço de aeronave, levada do Paraná para Santa Catarina, vai abrigar novo atrativo, com capacidade para receber 300 pessoas

Por Luciano Nagel
Atualização:
Correção:

A estrutura de um avião Boeing 727-200F, fabricado nos Estados Unidos, com 46 metros de comprimento, vai se transformar em uma discoteca em um complexo de entretenimento no bairro Rio do Meio, em Camboriú, ao norte de Santa Catarina, a 90 quilômetros de Florianópolis.

O pedaço da aeronave, do ano de 1979, transportada por um caminhão, chamou a atenção dos motoristas que circulavam na semana passada pela BR-376, na região de São José dos Pinhais, no Paraná. O Boeing 727-200F estava num hangar do Aeroporto Internacional Afonso Pena, em Curitiba.

Estrutura de boeing vai virar pista de dança Foto: Leonardo Arrabal/Surreal

De acordo com a empresa Surreal Park, responsável pelo atrativo, o complexo contará com uma pista de dança na parte interna da fuselagem com capacidade para atender 300 pessoas. Já embaixo das asas, cerca de 2 mil pessoas poderão desfrutar da nova atração.

Depois de pronto, a aeronave contará com deque, pista de dança e bar. As asas vão funcionar como um ponto elevado de dança e observação de todo o complexo.

A expectativa de inauguração é para junho de 2024. A direção da empresa Surreal Park não informou o valor do investimento.

Previsão é de abertura da atração em 2024 Foto: Leonardo Arrabal/Surreal

Correções

Diferentemente do publicado na versão original da matéria, a nova atração ficará na cidade de Camboriú, e não em Balneário Camboriú.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.