PUBLICIDADE

Foto do(a) blog

Literatura e mercado editorial

Babel 'A Biblioteca à Noite', exposição inspirada em livro de Alberto Manguel, chega ao Brasil

E mais: Humanoteca na Biblioteca de São Paulo; Jorge Schwartz e o Flipoços; Silviano Santiago no Chile e na Argentina; primeiro romance de Eliane Brum reeditado; novos títulos da coleção Dramaturgia; Neil Armstrong e Ray Tavares

Por
Atualização:

EXPOSIÇÃOInspirada em Manguel, 'A Biblioteca à Noite' chega a SP

A mostra 'A Biblioteca à Noite' será aberta no Sesc Avenida Paulista em outubro ( Foto: Ex Machina)

PUBLICIDADE

Escritor, bibliófilo e discípulo de Jorge Luis Borges, o argentino Alberto Maguel lançou, em 2006, o livro A Biblioteca à Noite. Os ensaios da obra falavam sobre bibliotecas, claro, partindo de sua experiência de organizar seus livros numa construção medieval de uma vila francesa - que ele comprou em ruínas, reformou e transformou em sua casa. Tudo isso serviu de inspiração para o dramaturgo canadense Robert Lepage e para a produtora que dirige, a Ex Machina, criarem a instalação interativa que já passou pelo Canadá, e pela França e Rússia. A Biblioteca à Noite chega a São Paulo no dia 3 de outubro. A mostra, que vai permitir aos visitantes um passeio em realidade virtual por dez bibliotecas reais ou imaginárias, fica em cartaz no Sesc Avenida Paulista até 10 de fevereiro e poderá ser visitada de terça a sábado, das 10h30 às 21 h, e domingos e feriados, das 10h30 às 18 h. A entrada é gratuita e a visita será organizada em sessões.

BIBLIOTECAHistórias coletadas Quem for à Biblioteca de São Paulo na 2.ª, 17, vai encontrar uma cabine do projeto Humanoteca. Basta entrar e, num minuto e meio, contar uma história pessoal - uma aventura, algo triste ou feliz, o que quiser. Os melhores vídeos vão integrar o acervo da biblioteca, estarão no site da BSP e serão exibidos no canal do YouTube do Museu da Pessoa. Até novembro.

FESTIVALO patrono do FlipoçosJorge Schwartz será o patrono do Flipoços em 2019 (27/4 a 5/5). O tema da próxima edição será Literatura Sem Fronteiras e a ideia é redescobrir parte da nossa origem cultural na literatura latino-americano.

NÃO FICÇÃOTeoria traduzida Dois livros de Silviano Santiago estão ganhando edições internacionais. Genealogia de la Ferocidad sai pela editora Mimesis, do Chile. E Uma Literatura en Los Trópicos, pela Coleção Litteramericana, da editora La Cebra, na Argentina.

Publicidade

FICÇÃOEm nova edição Esgotado, o primeiro romance da jornalista Eliane Brum, Uma Duas, lançado em 2011 pela LeYa, volta às livrarias em outubro pela Arquipélago Editorial - já responsável pela edição de seus livros de não ficção. Narrativa visceral sobre uma conflituosa relação entre mãe e filha, a obra foi finalista dos principais prêmios literários do País.

TEATROPeça em livro A Coleção Dramaturgia, da Cobogó, que já tem 40 títulos em catálogo e está lançando o texto da peça A Tropa, de Gustavo Pinheiro, tem outros dois livros previstos ainda para 2018: Silencio.doc, de Marcelo Varzea, e A Garagem, de Felipe Haiut.

BIOGRAFIANa lua A Tordesilhas lança, em outubro, Neil Armstrong: O Primeiro Homem a Pisar na Lua. A obra foi escrita por Jay Barbree, único jornalista a acompanhar todas as missões espaciais tripuladas dos EUA, com base em conversas com o astronauta e amigos, anotações e transcrições de voos espaciais.

YOUNG ADULTTrama no cinema Formada em Gestão de Políticas Públicas pela USP, Ray Tavares soma dois milhões de leituras no Wattpad e foi descoberta pela Galera Record, que publicou Os 12 Signos de Valentina em 2017. * Seu novo livro ainda não tem título e só chega às livrarias em maio. Mas a história da garota que é matriculada pelos pais em um internato católico como punição pelo seu mau comportamento e precisa lidar com a nova colega de quarto, com o presidente de um grupo misterioso e uma nova paixão, já teve os direitos para o cinema vendidos para a Paris Filmes.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.