PUBLICIDADE

Foto do(a) blog

Literatura e mercado editorial

Ria Livraria lança prêmio literário para obras inéditas; veja como participar

As inscrições para o Concurso Literário Ria Livraria, que vai aceitar livros de diversos gêneros, serão abertas em janeiro; vencedores ganham a publicação da obra e até R$ 10 mil

Foto do author Maria Fernanda Rodrigues
Por Maria Fernanda Rodrigues
Atualização:

A Ria Livraria, de Marcos Benuthe (ex-Mercearia São Pedro), terá seu próprio prêmio literário em 2024 – para obras inéditas e finalizadas nos gêneros poesia, contos, romance, biografia e infantil.

PUBLICIDADE

Os três vencedores vão ter seus livros publicados pelo Selo EditoRia, que estreou em 2023, e vão ganhar uma quantia em dinheiro – R$ 10 mil para o primeiro colocado, R$ 6 mil para o segundo e R$ 4 mil para o terceiro.

As inscrições vão de 15 a 30 de janeiro, exclusivamente pelo e-mail concursoliterariarialivraria@gmail.com. Não é necessário enviar o livro todo, mas, sim, trechos a depender do gênero escolhido (cinco poemas, cinco contos, 10 laudas de romance e 10 laudas de biografia). No caso de livro infantil, o regulamento também pede 10 laudas, além de cinco ilustrações.

Os participantes devem mandar, no mesmo documento, sua biografia, a sinopse da obra, a cidade e o estado em que reside, sua idade e o motivo de querer publicar o livro.

Marcos Benuthe, fundador da Ria Livraria, em 2021 Foto: Tiago Queiroz/Estadão

A equipe editorial do Selo EditoRia, coordenada pelo escritor Jorge Ialanji Filholini, será responsável pela seleção dos 20 finalistas.

Publicidade

Esses projetos serão, então, avaliados por uma comissão formada por três experientes escritores, ainda a ser anunciada.

A ideia é lançar os livros vencedores do Concurso Literário Ria Livraria em meados de 2024, na própria livraria que virou reduto de escritores em São Paulo – ela fica na rua Marinho Falcão, 58 (Sumarezinho).

O selo, que lançou, este ano, Muqueta, de Filholini, já tem outras duas obras previstas para o ano que se inicia: Deslocado, de Pedro Pellegrino, e Sem Gelo, de Fernanda D’Umbra.

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.