PUBLICIDADE

‘Quarteto Fantástico’ tem novo elenco; confira as escolhas da Marvel

Filme contará com astros da baladas séries ‘The Last Of Us’, ‘O Urso’, ‘Stranger Things’ e ‘The Crown’; estreia ficou marcada para julho de 2025 nos cinemas

Foto do author Redação
Por Redação

Após meses de especulação, a Marvel oficializou o elenco da nova versão de Quarteto Fantástico, adaptação da HQ escrita por Stan Lee e Jack Kirby. Na última quarta-feira, 14, a sigla de quadrinhos revelou no X (antigo Twitter) os membros do vindouro filme: Pedro Pascal (The Last of Us), Vanessa Kirby (The Crown), Joseph Quinn (Stranger Things) e Ebon Moss-Bachrach (O Urso). Confira:

PUBLICIDADE

“A primeira família da Marvel deseja um feliz Dia dos Namorados! Pedro Pascal, Vanessa Kirby, Ebon Moss-Bachrach e Joseph Quinn são o Quarteto Fantástico”, anunciou a publicação, acompanhada por uma ilustração dos atores nos papéis que interpretarão na nova versão da franquia. O post também confirma a data de lançamento do filme para 25 de julho de 2025.

Conforme anunciado pelo The Hollywood Reporter, Pascal assumirá o papel de Reed Richards (Senhor Fantástico) no filme, enquanto Kirby será Sue Storm (A Mulher Invisível), Joseph Quinn interpretará Johnny Storm (O Tocha Humana), e Moss-Bachrach viverá Ben Grimm (O Coisa).

Montagem com o elenco do novo Quarteto Fantástico, com Pedro Pascal (em foto da série 'The Last Of Us'), Vanessa Kirby ('The Crown'), Joseph Quinn ('Stranger Things') e Ebon Moss-Bachrach ('O Urso') Foto: HBO, Netflix, Netflix e Disney/Divulgação

Este será o quarto filme do Quarteto Fantástico para os cinemas. O primeiro foi lançado em 2005 e contou com Ioan Gruffudd, Jessica Alba, Chris Evans e Michael Chiklis na pele dos super-heróis. Uma sequência, Quarteto Fantástico e o Surfista Prateado, foi lançada em 2007.

Já em 2015, a franquia ganhou uma repaginada com Miles Teller, Kate Mara, Michael B. Jordan e Jamie Bell nos papéis principais.

O novo Quarteto Fantástico terá direção de Matt Shakman (WandaVision).

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.