PUBLICIDADE

Estante: Da Amazônia vista por João Moreira Salles ao novo romance de Cormac McCarthy

Semanalmente, a equipe do ‘Aliás’ indica dez importantes lançamentos do mercado editorial

Foto do author Antonio Gonçalves Filho
Foto do author Matheus Lopes Quirino
Por Antonio Gonçalves Filho e Matheus Lopes Quirino

Arrabalde - Em Busca da Amazônia

Autor: João Moreira Salles

PUBLICIDADE

Editora: Companhia das Letras

424 páginas. R$ 99.90 (e-book, R$ 39,90)

O documentarista João Moreira Salles passou seis meses no Pará pesquisando a região para escrever ‘Arrabalde - Em Busca da Amazônia’. O livro analisa várias tentativas de ocupar a Amazônia, como o Projeto Jari, nos anos 1960, e, nos anos 1920, a Fordlândia, experimento de Henry Ford, ambos fracassados. (Antonio Gonçalves Filho)

*

O Passageiro

Cormac McCarthy

Publicidade

Editora: Alfaguara

392 páginas. R$ 84,90 (e-book, R$ 39,90)

Do vencedor do prêmio Pulitzer Cormac McCarthy chega O Passageiro, a primeira parte de um díptico a ser concluído com o romance Stella Maris. O livro se passa no Mississippi, sul dos EUA, onde um mergulhador de resgate descobre um jatinho com nove corpos e acaba se envolvendo num complô governamental. (A.G.F)

O escritor Cormac McCarthy, que tem seu livro 'O Passageiro' lançado no Brasil  Foto: Derek Shapton/Columbia University

*

Paraíso e Naufrágio

Autor: Massimo Cacciari

Editora Âyiné

120 páginas. R$ 62,90 (e-book, R$ 28.30)

Publicidade

A Editora Âyiné pretende publicar a obra completa do filósofo italiano nascido em Veneza há 78 anos e lança agora Paraíso e Naufrágio, que traz um ensaio sobre o clássico O Homem sem Qualidades, de Robert Musil, analisando obras como O Jovem Törless 1906) para chegar ao romance inacabado de 1930. (A.G.F)

*

A Primeira Cruzada

Autor: Peter Frankopan

Editora Planeta/selo Crítica

320 páginas. R$ 96.90

O professor de História Peter Fankopan contesta as narrativas ocidentais e adota a versão oriental para contar a história da Primeira Cruzada. Segundo ele, não foi o papa Urbano II, mas o imperador Aleixo I Comneno quem, em 1095, incitou a Cruzada ao pedir ajuda ao pontífice para defender seu reino dos turcos. (A.G.F)

*

O arquiteto Oscar Niemayer em 2002, no MON, em Curitiba Foto: Nani Goes/Estadão

Cultura Pau-Brasil

Publicidade

Abilio Guerra

Editora Romano Guerra

416 páginas. R$ 69,00

Para o arquiteto Lúcio Costa, parceiro de Niemeyer na construção de Brasília, a afirmação do nacional era mais importante que o legado modernista da Bauhaus. O ensaísta Abilio Guerra cruza arquitetura e a arte modernista de 1922 para mostrar onde Costa se encontra com Tarsila, Oswald e Mário de Andrade. (A.G.F)

*

As Seduções e Artimanhas do Poder

Saidiya Hartman

Tradução de Fernanda Silva e Sousa e Marcerlo R S Ribeiro

Publicidade

Editora Crocodilo

148 páginas

R$ 62,90

A escritora norte-americana Saidiya Hartman, que esteve nesta edição da Flip, é celebrada com mais uma publicação no Brasil, desta vez As Seduções e Artimanhas do Poder. São dois ensaios sobre a vida de mulheres negras e as condições degradantes de trabalho a que são submetidas. Uma reflexão atual ao lado de outra feita há três décadas. (Matheus Lopes Quirino)

A escritora americana Saidiya Hartman, que participou da 20ª Flip, em Paraty Foto: Ubiratan Brasil/Estadão

*

O invencível verão de Liliana

Cristina Rivera Garza

Tradução de Silvia Massimini Felix

Publicidade

Autêntica Contemporânea

304 páginas

R$ 67,50 ou R$ 47,90 (E-book)

A escritora mexicana Cristina Rivera Garza é uma premiada ficcionista, leciona literatura na Universidade de Houston, mas seu livro O Invencível Verão de Liliana é tomado pela dura realidade, pois Garza narra, em minúcias, a vida da irmã morta pelo namorado no começo de 1990. A escritora retorna ao México e começa uma investigação, para que sirva de exemplo para outras mulheres o baque do feminicídio e a importância de se denunciar. (M.L.Q)

*

O Antigo Futuro

Luiz Ruffato

Companhia das Letras

Publicidade

224 páginas

R$ 69,90 ou R$ 39,90 (E-book)

O escritor mineiro Luiz Ruffato narra a vida de um imigrante brasileiro nos Estados Unidos em seu novo romance O Antigo Futuro. Ruffato centra seus capítulos no arcabouço familiar, em que expõe a miséria e as dificuldades do homem que saiu de uma pequena cidade do interior de Minas para ganhar a vida na periferia de São Paulo e parte para os EUA. Um trabalho primoroso que mergulha em uma parcela historicamente deixada de lado na literatura brasileira: a classe média baixa. (M.L.Q)

O escritor Luiz Ruffato, que está lançando novo livro pela Cia das Letras Foto: Hélvio Romero/Estadão

*

Um Pé Na Cozinha: Um Olhar Sócio-Histórico para o Trabalho de Cozinheiras Negras no Brasil

Taís Sant’Anna Machado

Editora Fósforo

400 páginas

Publicidade

R$ 100 ou R$ 60,00 (E-book)

A escritora Taís de Sant’Anna Machado traz um recorte inédito em seu novo livro, Um Pé Na Cozinha: um estudo sobre as cozinheiras negras e a participação dessas mulheres na história do trabalho doméstico no Brasil. ‘Um pé na cozinha’, trocadilho controverso dito por um ex-presidente, sobre sua ascendência miscigenada, também é uma denúncia do racismo estrutural e do colonialismo. Machado investiga estereótipos populares, como a figura da “mãe preta”. (M.L.Q)

*

Roupa suja

Moacyr Piza

Chão Editora

200 páginas

R$ 59

Publicidade

Política, oligarquias, poder, episódios envolvendo a honra de homens poderosos do século passado e uma série de causos da vida social garantem o tom satírico de Roupa Suja. Publicado pela primeira vez em 1923, o livro mostra o poder da galhofa, marca da prosa de Piza, que ganhou notoriedade não como escritor, mas como assassino da ex-amante, numa polêmica que marcou o noticiário policial de São Paulo à época. Na presente edição, Boris Fausto mostra quem são os personagens alvos do escriba. Há também texto do professor Elias Thomé Saliba. (M.L.Q)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.