PUBLICIDADE

Foto do(a) blog

Literatura infantil e outras histórias

As Linhas no Rosto de Nana: autora italiana fala de memórias em livro para crianças

Diálogo entre avó e neta revela, com leveza, sensações sobre o passar do tempo

Por Bia Reis
Atualização:

Capa do livro 'As Linhas no Rosto de Nana'  

Como as crianças percebem o envelhecimento das pessoas que as cercam?

Na festa de Nana, uma pergunta feita por uma garotinha observadora - narradora da história - faz com que a avó resgate suas lembranças:

- Você se incomoda com elas, Nana?

- Nem um pouco. Na verdade, eu gosto muito delas. Veja bem, é nestas linhas que eu guardo todas as minhas memórias!

Pela resposta da senhora dá para entender: avó e neta estão falando sobre as linhas que marcam o rosto e contam pedacinhos da vida. A menina fica intrigada. Como pode uma linha tão pequena guardar memórias?

Publicidade

Texto e ilustrações são da autora italiana Simona Ciraolo  

Apontando para diferentes linhas no rosto, a menina pergunta o que cada uma delas guarda. A avó, com delicadeza e amorosidade, abre suas memórias, em lindas ilustrações que recheiam páginas duplas.

A avó conta que numa primavera resolveu um grande mistério  

PUBLICIDADE

As Linhas no Rosto de Nana é escrito e ilustrado pela italiana Simona Ciraolo, que mora em Londres e estuda ilustração do livro infantil na Cambridge School of Art. Em 2014, Simona recebeu o prêmio Sebastian Walker, pelo uso da cor e do humor em seus desenhos. O livro, lançado pela Editora FTD, foi traduzido pela poeta Alice Ruiz.

ServiçoAs Linhas no Rosto de Nana Autora: Simona Ciraolo Editora FTD Preço médio: R$ 49

ESTANTE DE LETRINHASNo Facebook @blogestantedeletrinhasContato: estante.letrinhas@gmail.com

Flipoços 2021 apresenta bate-papo entre Daniel Munduruku, Eliandro Rocha e Regina Drummond

Publicidade

A Flipoços apresenta nesta sexta-feira e no sábado, 23 e 24, bate-papos com três autores na sala Flipocinhos.

PUBLICIDADE

O primeiro deles, na sexta, às 11h30, será com a escritora, tradutora e contadora de histórias Regina Drummond, autora de Aventuras ou Folclore Brasileiro, da Editora Girassol, entre outras obras.

O segundo, no sábado, às 10h, será com o escritor e filósofo Daniel Munduruku, filho do povo indígena Munduruku. Ele é autor, entre outros livros, de Crônicas de São Paulo, da Callis Editora, e Como Surgiu: Mitos Indígenas Brasileiros, também da Callis.

Por fim, o terceiro bate-papo será no sábado também, às 16h30, com o escritor gaúcho Eliandro Rocha, também contador de histórias. Eliandro escreveu os deliciosos O Poço, A Ponte e Escolas de Princesas Encantadas, todos da Callis.

As conversas serão mediadas pela psicóloga Claudia Leonardi, mestre em Ciências da Saúde e autora do Blog Mãe Literatura.

Publicidade

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.