EXCLUSIVO PARA ASSINANTES
Foto do(a) coluna

Cultura, comportamento, noite e gente em São Paulo

Dinho Ouro Preto sobre show em prol de Mingau: ‘Ele precisa se livrar dessa conta’

Vocalista do Capital Inicial diz que amigo acumula dívida com hospital após ter sido baleado em Paraty

PUBLICIDADE

Foto do author Paula Bonelli
Por Paula Bonelli

Dinho Ouro Preto, vocalista da banda Capital Inicial, está empenhado em encher o Teatro Bradesco, em São Paulo, para ajudar seu amigo Mingau, baixista do Ultraje a Rigor, que foi baleado em uma tentativa de assalto em Paraty. Com o intuito de arrecadar recursos para seu tratamento, diversos artistas renomados se unirão em um show especial nesta quinta-feira, 14.

Dinho Ouro Preto Foto: Iara Morselli


PUBLICIDADE

A ideia é mobilizar os fãs dos músicos que participam do espetáculo para uma noite de rock e solidariedade. “Que os fãs desses artistas e os fãs do Mingau todos venham celebrar, vamos fazer isso pelo Mingau! Ele precisa se livrar dessa conta que, se eu não me engano, é de 600 mil reais e o teatro precisa estar lotado, a gente precisa celebrar o rock brasileiro sabe? Pelo Mingau”, frisou Dinho Ouro Preto em entrevista a coluna. “Agora ele precisa da ajuda dos amigos. Mingau ficou com uma conta gigantesca pendurada no hospital que precisa ser quitada”, completou.

O show contará com vários artistas como Claudia Gomes (Banda Vega), Clemente (Inocentes / Plebe Rude), David Cardoso Jr, Edgard Scandurra (Ira), Ivan Sader, Kiko Zambianchi, Leo Jaime, Marcelo Nova e Drake, Maurício Gasperini, Nasi (Ira), Rodrigo Lima (Dead Fish), Roger Moreira (Ultraje a Rigor), Thunderbird e Tico Santa Cruz (Detonautas).

Ouro Preto conheceu Mingau há 40 anos, quando ele tocava em bandas de punk rock: “É sempre um privilégio tocar com o Mingau. Ele tem um ouvido singular, o cara toca como se o instrumento fosse uma extensão do corpo dele”.

O vocalista também ressaltou que Mingau sempre foi acolhedor: “É uma das pessoas mais generosas que eu conheço, sempre gentil, sempre de bom humor, sempre se oferecendo pra ficar na minha casa lá na praia, ele era assim”.

Publicidade

Os ingressos para o show estão disponíveis através do site uhuu.com ou na bilheteria do Teatro Bradesco. Todo o valor arrecadado com a venda dos ingressos será revertido para o tratamento de reabilitação do baixista. Os artistas se apresentarão voluntariamente, sem receberem cachê, e o Teatro Bradesco cederá o espaço, também sem custos, para a realização deste evento.

Mingau, baixista do Ultraje a Rigor Foto: Instagram/ @mingaultraje/ Divulgação
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.