EXCLUSIVO PARA ASSINANTES
Foto do(a) coluna

Cultura, comportamento, noite e gente em São Paulo

Grafite de 236,25m² sobre gerações de mulheres começa a ser pintado no Itaim Paulista

Obra é de autoria de grafiteira Mimura Rodriguez

PUBLICIDADE

Foto do author Marcela Paes
Por Marcela Paes
Atualização:

Um grafite de 236,25m² vai trazer para o Itaim Paulista uma representação de gerações de mulheres chefes de família. Criada pela artista Mimura Rodriguez, Enraizadas retrata uma avó com as marcas dos anos vividos em seu rosto e mães com os filhos, na representação de um “ciclo perene”.

Projeção de como vai ficar o grafite Foto: Mimura Rodriguez

PUBLICIDADE

“Enraizadas apresenta a árvore em suas raízes, seu fruto e sua flor. Com uma poética que sugere não somente a beleza, mas também a dureza e secura de muitas partes desse processo. O ciclo. O eterno retorno. Cada criança que nasce é um ancestral que retorna. Estou aqui porque já estive em todas as partes”, detalha Mimura.

O grafite começou a ser pintado na segunda (27) e deve levar cerca de 10 dias para ser finalizado nos muros de um CDHU. A pintura foi selecionada pelo projeto Museu de Arte de Rua (MAR), da Secretaria Municipal de Cultura, da Prefeitura de São Paulo. Com nota 106,3, a obra Enraizadas foi classificada em 7° lugar, na categoria “Altura”, com o tema “Maturidade”.

Segundo Mimura, o grafite se conecta também com sua própria história. Ela se tornou mãe em 2020, aos 31 anos, em meio à pandemia. Também na pandemia, sua avó voltou a viver com a mãe. Depois disso, seu foco na arte têm sido as mulheres. “Sustentamos nossa comunidade em diversos aspectos, mesmo que estes não sejam tão valorizados quanto deveriam”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.