Minimalismo e brilho dão o tom da coleção da Gucci em Milão

Novo diretor criativo, Sabato de Sarno realça a potência do mundo real e dos cenários fabris da modernidade

PUBLICIDADE

Foto do author Alice Ferraz
Por Alice Ferraz

A temporada de outono-inverno 2024 da Gucci chegou com um convite do diretor criativo da marca, Sabato de Sarno: “Busque um pequeno gesto subversivo. Veja as coisas de uma perspectiva diferente do que é presumido como mais apropriado, não siga as regras”. A frase se apresenta como o ponto de partida para a criação das roupas que cruzaram a passarela, na qual o brilho difuso do acabamento de aço escovado se destacava no cenário industrial e rústico de um galpão com grandes janelas.

Sabato De Sarno, estilista da Gucci, após o desfile da grife na Semana de Moda de Milão. Foto: Luca Bruno/AP

PUBLICIDADE

O ambiente em que aguardávamos o desfile já era uma ótima dica da nova expressão da Gucci, que vem sendo construída por Sabato, que assumiu o controle da emblemática grife italiana em maio de 2023 e que apresentou em fevereiro, na Semana de Moda de Milão, sua segunda coleção de prêt-à-porter feminino para a marca.

Ao escolher, para sua narrativa, um espaço de estética assumidamente fabril, inserido totalmente no mundo real, o diretor mostrou a essência de sua proposta. A ideia de Sabato parece trazer a Gucci de volta à realidade e dar uma nova vida à sua moda, em ruptura com os sete anos da onírica imagem criada pela “era Alessandro Michele”, diretor criativo que deixou a grife em 2022.

Modelo veste criação da Gucci na Semana de Moda de Milão. Foto: Luca Bruno/AP

“Meus sonhos, assim como a minha moda, sempre conversam com a realidade. Porque não estou procurando outro mundo para viver, mas buscando maneiras de viver neste mundo”, explica o diretor. “Capture o extraordinário onde o ordinário é esperado”, continua, de forma a criar um panorama perfeito para que se entenda a coleção.

Sensualidade

Na sequência, os 55 looks trazem “pequenos atos subversivos em relação às regras do ready-to-wear” e são imbuídos de uma despretensiosa e marcante sensualidade, que ajuda a desenhar o arquétipo de uma mulher extremamente sofisticada, segura de si e contemporânea. A moda de Sabato é feita para uma cliente que não quer fantasiar ou fugir de sua realidade, mas que também não tem nenhuma intenção de ser comum e “passar despercebida”. A nova mulher Gucci parece querer “apenas” viver a vida sem medo e cruzar as ruas em sua melhor versão. A genialidade do diretor está em manter os pés na realidade, mas também em elevá-la a altos níveis de sofisticação.

A nova mulher Gucci parece querer “apenas” viver a vida sem medo e cruzar as ruas em sua melhor versão. Foto: Luca Bruno/AP

Para isso, a temporada na Gucci chega com muito brilho, dos minipaetês, cristais, paillettes e couro de acabamento vinílico, à riqueza das texturas - destaque para o casaco que foi desfilado como vestido, feito de couro na nova cor-assinatura criada por Sabato, o rosso-ancora. E também traz muita pele à mostra, com comprimentos curtíssimos, transparências e renda. Tudo parece ter sido desenhado e construído para ser único, sem combinações complexas.

Chique

Cada escolha de estilo tem precisão cirúrgica para criar uma imagem de moda no melhor estilo effortless chic, o chique sem esforço. O trabalho com pedrarias nas golas e nas malhas de lã é um dos pontos altos do desfile, assim como a aplicação de paetês, que fazem o casaco pea coat se tornar desejo imediato. A coleção traz uma cartela de cores inesperada e surpreendente e mantém vivo, em acessórios e peças, um fio condutor entre sua coleção de setembro e a de inverno, com o uso do novo tom, o rosso-ancora.

Publicidade

também traz muita pele à mostra, com comprimentos curtíssimos, transparências e renda. Foto: Luca Bruno/AP

Sabato parece ter primeiro construído as bases da sua assinatura na primeira coleção apresentada em setembro, estabelecendo assim o retorno ao essencial. Não deve ter sido tarefa fácil limpar nosso olhar após anos de extravagância de seu antecessor à frente da marca; e foi certamente um passo corajoso esperar uma estação inteira para agora trazer as camadas de uma nova personalidade Gucci.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.