PUBLICIDADE

Museu apresenta obra recém-descoberta de Munch

Obra até desconhecida do pintor expressionista norueguês foi descoberta por museu alemão sob outro trabalho do autor

Por Agencia Estado
Atualização:

A obra até agora desconhecida do pintor expressionista norueguês Edvard Munch descoberta por um museu de Bremen debaixo de outro trabalho do autor e apresentada nesta sexta-feira pela primeira vez ao público mostra uma jovem nua acossada por três cabeças masculinas. O diretor da Kunsthalle de Bremen (norte da Alemanha), Wulff Herzogenrath, considerou esta uma "descoberta sensacional", com a qual Munch possivelmente quis refletir o medo que as meninas têm do outro sexo na puberdade. A obra foi achada recentemente debaixo do quadro A Mãe Morta durante trabalhos de restauração. Após diversas análises de caráter técnico, chegou-se à conclusão de que esta realmente é uma obra de Munch. Os primeiros testes com raios X permitiram detectar "uma composição no estilo de Edvard Munch", segundo explicaram fontes do museu no último dia 12, ao divulgar a descoberta, confirmada na última segunda-feira. O norueguês Edvard Munch (1863-1944) é u autor do célebre quadro O Grito, roubando há quase um ano em Oslo, junto com outra obra do artista, Madonna.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.