PUBLICIDADE

Ivan Lins mostra antigo cartão de químico industrial: ‘Se uso hoje, sou preso por charlatanismo’

Músico compartilhou registro com os fãs, que reagiram: ‘Sua contribuição dada à arte é ainda maior’

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:
Ivan Lins mostra seu cartão de Químico Industrial Foto: Reprodução Instagram / @ivanlins

O músico Ivan Lins compartilhou um registro em seu Instagram nesta quinta, 01, que deve ter deixado muitos fãs surpresos: trata-se de um cartão de visitas de quando se formou como Químico Industrial, profissão que não chegou a exercer. Ele explica que a ideia do cartão veio de seu pai, mas, infelizmente, erraram o número da casa. “Se uso hoje, sou preso por charlatanismo”, brinca.

Ivan ainda conta que seu diploma sumiu. “Adoraria ter esse diploma na parede. Acho que vou colocar um cartão desses no lugar”.

PUBLICIDADE

O músico vê um antigo sucesso seu voltar à boca dos brasileiros: Lua Soberana, clássica música de Renascer - cantada por Sérgio Mendes na versão original - hoje ganha reinterpretação de Luedji Luna e Xênia França, tocada na abertura da novela.

Em suas redes sociais, o compositor confessou: “Gostaria de, um dia, chamar uma delas (ou as duas) para cantar ‘Lua Soberana’, completa, comigo”, escreveu. “Ficaria, simplesmente, lindo!”.

O próprio compôs e cantou a versão de abertura da primeira versão, chamada Confins, composta em parceria com Vitor Martins e gravada por Lins com o grupo Batacotô.

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.