PUBLICIDADE

Justiça de São Paulo condena Dennis DJ em segunda instância por copiar funk do músico WZ

No processo, Wellington Azollini afirmou que ‘sorrateiramente’ o artista mudou a canção ‘Swingueira’ para ‘Diferenciou’

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Dennis DJ foi condenado em segunda instância, pelo Tribunal de Justiça de São Paulo, por copiar uma música de Wellington Azollini, o WZ, alterando apenas o nome da produção.

PUBLICIDADE

O processo foi aberto em 2021, logo após uma participação especial do músico, considerado um dos principais DJs de funk do País, no reality show Big Brother Brasil, da TV Globo.

WZ disse à Justiça ter composto o funk Swingueira e que o apresentou a Dennis, por intermédio do produtor musical Flávio Beatbox. Ele ainda destacou que tinha a expectativa de lançar a canção em parceria com o artista.

O músico ainda afirmou que Dennis e MC Delano, também condenado, mudaram “sorrateiramente” o nome do funk para Diferenciou e o disponibilizaram em diversas plataformas digitais, alcançando mais 1,6 milhão de visualizações.

Os advogados Diogo Coletta e Henrique Rodrigues e Silva, que representam o músico no processo, afirmaram à Justiça que nunca houve qualquer compensação financeira pela criação da canção e pelo uso não autorizado.

“Ele ficou muito frustrado na época. A gente tentou, por sucessivas vezes, chegar em um acordo ou chegar a uma composição extrajudicial com os representantes do Dennis e do Delano, mas a gente não obteve sucesso. Então não tivemos outra alternativa a não ser abrir o processo judicial, que tinha, basicamente, pedido de indenização material, de moral e de crédito”, explicou Coletta.

À Justiça, Dennis e MC Delano afirmaram que não praticaram nenhum ato ilícito, que as músicas são distintas e que nunca se intitularam como seus reais autores. Segundo eles, a autoria seria do produtor Flávio Beatbox.

Publicidade

Os dois foram condenados em primeira instância, recorreram, mas acabaram derrotados nesta segunda instância. O Tribunal de Justiça de São Paulo ampliou a condenação em decisão na última terça-feira, 18.

O Estadão procurou a assessoria de imprensa de Dennis DJ para comentar o caso, mas ainda não obteve resposta. O espaço segue aberto.

Dennis é considerado um dos principais DJs de funk do País Foto: Instagram/@dennisdj
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.