PUBLICIDADE

Letrux revela diagnóstico de câncer no ovário e diz que fará cirurgia para retirada de tumor

Cantora cancelou os shows que faria em novembro; ‘conseguirei seguir o caminho depois, forte e saudável’, disse ela

Foto do author Sabrina Legramandi
Por Sabrina Legramandi

Nesta segunda-feira, 2, a cantora Letrux revelou ter recebido um diagnóstico de câncer no ovário. Ela relatou que pretende fazer uma cirurgia para retirada do tumor no final de outubro e, por esse motivo, cancelou os shows que faria em novembro. No mês, ela faria uma apresentação no festival Avante, em Porto Alegre.

“Sei que isso é apenas um buraco na estrada. E que conseguirei seguir o caminho depois, forte e saudável”, escreveu ela em uma publicação no Instagram. A artista disse ter descoberto a doença em exames de rotina. Na ocasião, foi detectado um suposto cisto no ovário direito da cantora.

Letrux revela diagnóstico de câncer no ovário e diz que fará cirurgia para retirada do tumor. Foto: Tiago Queiroz / Estadão

PUBLICIDADE

Depois de uma nova leva de exames, descobriu-se que Letrux teria que ser submetida a um procedimento cirúrgico. “É uma cirurgia delicada, porque, apenas na hora, pode ser feita a avaliação da situação”, disse ela, que contou resolver falar sobre o assunto para conscientizar sobre a doença.

“É um assunto íntimo, mas divido para conscientizar mais mulheres e homens trans a cuidarem dessa área”, escreveu. “Tudo o que leio sobre câncer de ovário é muito silencioso. Não há dor, mas, quando se descobre, já está grande. Felizmente, a taxa de letalidade é super baixa.”

Letrux pediu para que os fãs lhe enviem “pensamentos positivos” e disse que ainda é incerto se fará shows no final do mês. “A médica me lembrou que o ovário é muito misterioso (como não ser? Esse ‘treco’ faz gente, que mistério mesmo!), e me alertou que tudo pode acontecer. Portanto, novembro é pausa e cura”, afirmou.

A cantora disse que, apesar de viver momentos de incerteza, enfrenta a situação com “fé na ciência e ciência na espiritualidade”. “Cuidem do corpo, ele é o único amigo que atravessa a jornada da vida do dia 1 até o dia final. [...] Espero que tudo isso não passe de um susto doido. Obrigadíssima pela onda de amor e carinho que já consigo avistar daqui da beira do mar, onde sempre me encontro. Vai dar tudo certo”, finalizou.

*Estagiária sob supervisão de Charlise de Morais

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.