PUBLICIDADE

Pitty apaga crítica a Beyoncé: ‘Jamais gostaria de ofender’; entenda

A cantora havia dito que a cantora americana, ao ir para Salvador, “resolveu fazer a Irmã Dulce em pleno Natal”. ‘Estadão’ tentou contato com Pitty, mas não teve retorno

Foto do author Redação
Por Redação

A cantora e compositora Pitty apagou a postagem em que fazia uma crítica à cantora americana Beyoncé. Na publicação original, de quarta-feira, 27, Pitty havia escrito que Beyoncé “resolveu fazer a Irmã Dulce em pleno Natal’ indo a Salvador, onde apareceu de surpresa para os fãs durante o lançamento do filme Renaissance Tour.

A cantora Pitty durante apresentação no The Town, em setembro de 2023 Foto: Taba Benedicto/Estadão

PUBLICIDADE

“Estou há uns quatro dias sorumbática com redes sociais e tudo, porque mil coisas: falou-se por alto da podridão de agências/mercado, jovens se foram e está por isso mesmo; Manu lançou um assunto(s) importantes p/ debater o feminino na arte; e a B resolveu fazer a Irmã Dulce em pleno natal (n me cancelem, eu amo, mas esse timing tá fod*)”, escreveu.

Diante da repercussão negativa (leia mais abaixo), Pitty apagou a publicação horas depois. A roqueira também tentou explicar o que queria dizer com a postagem:

“Às vezes a gente escreve coisas e acaba se confundindo, sendo interpretadas de formas totalmente aleatórias à proposta original. Somos cabeças pensantes em eterno movimento, e muitas coisas revisitaram a minha nos últimos dias. Esse acúmulo de ideias sendo colocadas pra fora em momentos inoportunos geraram diversas interpretações por um mundo de pessoas que eu jamais gostaria de ofender, muito menos diminuir. eu acho incrível Bey ter vindo pra SSA, que é minha casa também. foi mal se soou de uma maneira e para um lado que não era o que eu gostaria de alcançar.”, escreveu, na nova postagem.

Pitty afirmou que resolveu apagar o post inicial porque “uma ideia mais profunda ou delicada” nunca dá certo nas redes sociais. Ela também anunciou que fará um “detox” das redes sociais.

“Desejo de espaços onde a gente possa realmente se conectar para debater, , conversar, evoluir sem tacar hate (ódio) ou ironia”, disse.

Por fim, Pitty deixou o link do Projeto Irmã Dulce (freira baiana que foi declarada santa pela Igreja Católica) para quem quiser fazer doações.

Publicidade

O Estadão entrou em contato com Pitty, mas não teve retorno. O espaço segue aberto.

Entenda o que ocorreu

A vinda de Beyoncé ao Brasil rendeu muitos comentários na web. Inclusive, da cantora Pitty, que ironizou a norte-americana na quarta-feira, 27, em uma postagem no X, antigo Twitter. Elogiando Manu Gavassi nas redes sociais, ela disse que “a B resolveu fazer a Irmã Dulce em pleno Natal”. O Estadão tentou contato com Pitty para saber se ela gostaria de se comentar as críticas, mas ainda não teve retorno.

“Estou há uns quatro dias sorumbática com redes sociais e tudo, porque mil coisas: falou-se por alto da podridão de agências/mercado, jovens se foram e está por isso mesmo; Manu lançou um assunto(s) importantes p/ debater o feminino na arte; e a B resolveu fazer a Irmã Dulce em pleno natal (n me cancelem, eu amo, mas esse timing tá fod*)”.

TB SAO PAULO SP 09/09/2023 CADERNO 2 - THE TOWN 2023/ PITTY - A cantora Pitty se apresenta no Palco Skyline durante o festival The Town 2023. FOTO TABA BENEDICTO / ESTADAO Foto: TABA BENEDICTO

O termo “Irmã Dulce” faz referência à santa de mesmo nome, conhecida pelo seu trabalho social com pessoas de baixa renda. Por isso, os usuários entenderam que Pitty criticou os trabalhos filantrópicos de Beyoncé, fundadora do projeto social BeyGOOD.

“20 anos com volta e meia realizando esse sentimento de que ninguém se importa com nada além de si mesmo. Tomara que eu esteja muito errada”, completou a artista, que viu seu nome entre os mais comentados da rede social.

O Estadão tentou contato com Pitty para saber se ela gostaria de se comentar as críticas, mas ainda não teve retorno. O espaço segue aberto.

Veja a repercussão:

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.