Americanas encerra outubro com dívida de R$ 21,177 bilhões; empresa fechou 123 lojas nos últimos 12 meses

Varejista, que está em recuperação judicial, encerrou o mês com caixa disponível final R$ 1,1 bilhão, 7,62% menor que o registrado no mês anterior

PUBLICIDADE

Por Beth Moreira

A Americanas, em recuperação judicial, encerrou o mês de outubro com caixa disponível final R$ 1,104 bilhão, 7,62% menor que o registrado no mês anterior, de R$ 1,195 bilhão. As informações constam do relatório de atividades mensais da companhia divulgado pelos administradores judiciais.

PUBLICIDADE

Segundo o documento, a dívida da empresa em outubro era de R$ 21,177 bilhões. Na moeda americana, a dívida era de US$ 1,068 bilhão. Os dados não incluem o endividamento bancário associado ao risco sacado.

Durante o mês de outubro, assim como ocorre desde julho, não houve desembolso para pagamento de dívidas. Nos últimos 12 meses, a empresa desembolsou R$ 891,234 milhões para pagamento de dívidas em reais e US$ 20,675 milhões para o pagamento das dívidas em dólares.

O documento explica que os pagamentos registrados a partir de fevereiro de 2023, após o deferimento da recuperação judicial, referem-se às parcelas de amortização e juros do empréstimo junto ao Finame.

O total investido pelo Grupo Americanas em outubro de 2023 foi de R$ 14,589 milhões, bem abaixo dos R$ 24,948 milhões investidos em setembro. Em outubro, o canal digital não recebeu investimentos.

Americanas encerrou outubro com 1.759 lojas, ante 1.779 lojas em funcionamento ao final de setembro.  Foto: Pedro Kirilos/Estadão

O prazo médio dos produtos em estoque foi de 125 dias em outubro, o que representa uma queda ante os 127 dias registrado no mês anterior. O prazo de recebimento de clientes se manteve em 37 dias em outubro.

O documento informa ainda que a Americanas encerrou outubro com 1.759 lojas, ante 1.779 lojas em funcionamento ao final de setembro. A empresa fechou 121 lojas no período entre janeiro e outubro, totalizando o encerramento de 123 lojas nos últimos 12 meses.

Publicidade

O número de clientes ativos era de 42.052.085 ao final de outubro, 0,78% menor que o número de clientes mantidos ao final de setembro.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.