Publicidade

Publicidade

Ásia: mercados não ficam imunes aos indicados americanos

Por Agencia Estado
Atualização:

A repercussão da divulgação de alguns indicadores econômicos americanos, que decepcionaram o mercado local, atingiu em cheio a performance das bolsas do sudeste asiático. Na Coréia do Sul, o índice Kospi caiu 1,01%, mas a queda poderia ter sido ainda maior. Os investidores decidiram ir às compras pouco antes do fechamento do pregão, reduzindo as perdas do dia. Em Tóquio, a baixa foi de 0,86%, a terceira seguida, já que o ressurgimento das incertezas nos EUA pressionam grandes exportadores nos setores de tecnologia e automóveis. Nas Filipinas, a bolsa sofreu desvalorização de 0,54%, Já o mercado taiuanês fechou com leve alta de 0,09%. Analistas acreditam que o resultado foi fruto de intervenções de fundos do governo no mercado. No intervalo dos negócios, as demais bolsas do sudeste asiático registravam: Hong Kong: -1,86%; Indonésia: -0,98%; Malásia: -0,49%; Tailândia: -1,71% e Cingapura: -0,47%.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.