PUBLICIDADE

Foto do(a) blog

Direito do consumidor

Opinião|Débito automático requer atenção

Contribuinte precisa ficar atento ao saldo em sua conta do banco para evitar cobranças adicionais

PUBLICIDADE

Atualização:

 Foto: Estadão

Em períodos de inflação elevada, em que há riscos de o salário não durar até o final do mês, é fundamental controlar a movimentação da conta corrente para não entrar no cheque especial sem perceber. Os juros são exorbitantes e há outras linhas de crédito menos onerosas, como o empréstimo pessoal.

PUBLICIDADE

E se tem as contas mensais de água, luz, telefone, internet, TV por assinatura em débito automático no banco, fique atento para que haja saldo disponível nas datas de vencimento das faturas. Confira também se os valores cobrados estão corretos.

Atenção também com contratos que preveem renovação automática. Nesse caso, se houver insatisfação com o serviço prestado é preciso verificar no contrato as condições para cancelamento e, em seguida, comunicar formalmente o banco para cancelar o débito automático.

Sempre que cancelar um contrato de imediato solicite o cancelamento do débito automático no banco. O pedido, de preferência, deve ser feito por escrito e entregue ao banco, tomando o cuidado de ter protocolo.

Posteriormente, não se esqueça de verificar no extrato da conta se realmente deixaram de ser lançadas tais cobranças, pois pode ocorrer de o banco não efetivar o cancelamento.

Publicidade

Opinião por Economia & Negócios
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.