Publicidade

Geração de conhecimento está na pauta do Summit ESG Estadão 2023

Evento será realizado nesta quarta-feira, 14, no auditório do Masp, para convidados, com transmissão online

Foto do author Redação
Por Redação

A relação entre teoria e prática, principalmente dentro do universo das instituições de ensino superior, é uma das bases para que o tema ESG (sigla em inglês para práticas ambientais, sociais e de governança) seja assentado de forma sólida na sociedade brasileira. Qual é a forma e o conteúdo que essas práticas estão tomando?

Para responder a essas perguntas quatro especialistas no tema estarão reunidos em um dos painéis do Summit ESG 2023, que ocorre dia 14 de junho, no auditório do Masp para convidados, a partir das 9h. Os painéis vão se suceder até o fim do dia, às 18h. Interessados em acompanhar as conversas de forma remota podem fazer a inscrição neste site.

PUBLICIDADE

José Eli da Veiga, professor sênior do Instituto de Estudos Avançados da USP, estará ao lado da professora Priscila Bori Claro, do Centro de Estudos de Sustentabilidade e Negócios do Insper, de Annelise Vendramini, professora de mestrado da Fundação Getúlio Vargas de São Paulo e da também professora da FGV Marcela Argollo, criadora do método Alinhar-se de Liderança Regenerativa, para discutir o tema ESG no contexto do ensino superior.

Em outros dois momentos da programação outros gargalos atuais das práticas ESG também estarão na pauta dos debates. Em um deles, a questão a ser respondida é até que ponto as bases legais existentes hoje no Brasil dão conta dos desafios de se enfrentar as mudanças climáticas globais. Em outro, o foco estará sobre o setor público. As várias esferas governamentais, além das diversas estatais brasileiras, estão preparadas para incorporar as boas práticas do universo ESG?

ESG é um dos principais temas do mercado na atualidade Foto: Pixabay

Recortes setoriais também estão previstos para serem abordados durante todo o dia do evento. Seja na questão da saúde, por exemplo, com a presença de nomes como de Sidney Klajner, presidente da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein, ou dentro de outros setores, como o do varejo.

Para este tema, em específico, Katielle Haffner, gerente de Assuntos Públicos, Comunicação e Sustentabilidade da Coca-Cola Brasil, será uma das participantes da conversa.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.