Publicidade

Subway será vendido para a gestora Roark Capital

Famosa pelos sanduíches, rede de restaurantes é uma das maiores do mundo, com 37 mil pontos de venda em mais de 100 países

Foto do author Redação
Por Redação

A rede de restaurantes Subway anunciou nesta quinta-feira, 24, que será vendida para a Roark Capital, uma gestora com experiência restaurantes que pode ajudar a rede de sanduíches a expandir e melhorar suas lojas. Os termos do acordo não foram divulgados.

PUBLICIDADE

No início desta semana, o The Wall Street Journal informou que a Roark, com sede em Atlanta, estava oferecendo cerca de US$ 9,6 bilhões (cerca de R$ 47 bilhões) pelo Subway, que é de propriedade privada.

O CEO do Subway, John Chidsey, que ingressou na empresa em 2019, disse que o acordo reflete o potencial de crescimento de longo prazo do Subway e o valor da marca. O Subway planeja continuar a modernizar restaurantes e expandir internacionalmente sob a propriedade da Roark.

A Roark é uma empresa de private equity com US$ 37 bilhões em ativos sob gestão. O Subway, que tem sede dupla em Miami e Connecticut, foi fundada em 1965 e ainda é propriedade de suas famílias fundadoras. É hoje uma das maiores cadeias de restaurantes do mundo, com 37 mil pontos de venda em mais de 100 países.

Mas nos EUA, tem vindo a perder participação no mercado nos últimos anos para rivais em rápido crescimento como a Panera e a Firehouse Subs, que apresentam menus mais variados e lojas mais recentes.

O Subway controla atualmente cerca de 23% do mercado americano de sanduíches e delicatessen, de US$ 43 bilhões, de acordo com a Technomic, uma empresa de consultoria. Isso representa uma queda em relação aos 34% em 2017.

O Subway anunciou que será vendido para a Roark Capital Foto: Andrew Kelly/Reuters

O Subway tem tentado se modernizar; em 2021, atualizou seu cardápio e no ano passado anunciou uma linha de sanduíches desenvolvidos por chefs após descobrir que os clientes estavam cansados do modelo tradicional do Subway de permitir que os clientes preparassem seus próprios sanduíches.

Publicidade

Mas em fevereiro, o Subway anunciou que estava estudando ser vendida.

Em julho, a empresa informou que suas vendas globais nas mesmas lojas - ou vendas em locais abertos há pelo menos um ano - aumentaram 9,8% em relação ao ano anterior. / AP

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.