Publicidade

Petrobrás acatará decisão do governo sobre gás, diz Gros

O presidente da Petrobrás, Francisco Gros, disse hoje que a redução do preço do gás de cozinha "é uma decisão de política pública" que vai ser discutida pelo CNPE na semana que vem

Por Agencia Estado
Atualização:

O presidente da Petrobrás, Francisco Gros, disse hoje que a redução do preço do gás de cozinha "é uma decisão de política pública" que vai ser discutida pelo Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) na semana que vem. Segundo ele, "a Petrobrás não é autora nesse caso. A decisão que for tomada pelo governo vai ser acatada pela empresa". Gros disse, também, que é preciso esperar um pouco antes de decidir sobre novo reajuste dos preços da gasolina e demais derivados de petróleo em função da flutuação do dólar. "O dólar flutua 5% a 10% por dia. Precisamos esperar a estabilização do dólar", afirmou, assegurando que, por enquanto, essas oscilações da moeda americana não estão prejudicando a estatal. Gros fez essas afirmações momentos antes da inauguração da terceira etapa da fábrica da Aracruz Celulose, no município capixaba de Aracruz.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.