PUBLICIDADE

Opinião|Projeto do Arquidiocesano vence o maior evento de Robótica do Brasil

Turma do Colégio Marista Arquidiocesano conquistou o prêmio Engenharia, na categoria "Incubando Ideias", com a apresentação de um aplicativo em língua inglesa, criado para organizar competições esportivas

PUBLICIDADE

Um grupo de alunos do 8º ano do Ensino Fundamental - Anos Finais, do Colégio Marista Arquidiocesano, foi o vencedor do prêmio Engenharia, na 15ª edição do Festival Marista de Robótica, o maior evento do segmento no Brasil - categoria "Incubando Ideias", com a criação de um aplicativo voltado a organização de competições esportivas focadas na promoção de políticas sociais.

A princípio, o aplicativo foi construído com base em uma competição interna dos Colégios Maristas, denominada Festival Champagnat. Porém, pode ser usado em qualquer tipo de disputa, pois organiza os jogos, os times, os placares e  possui uma função pay-per-view. O aplicativo também possui uma loja virtual para venda de camisetas e uma área específica para arrecadação de alimentos e água para doações a comunidades carentes. Os alunos criaram até uma moeda virtual denominada "ChampaCoins" para ser usada para compras dentro do aplicativo. Uma das propostas é também reverter os valores arrecadados com a venda de camisetas em doações.

software também possui Inteligência Artificial (IA), chamada pelos alunos de "Ali", para ajudar na navegação e na coleta de dados e nos padrões dos usuários. Uma de suas funções é tentar maximizar as doações, com foco na parte social.

O desenvolvimento do aplicativo envolveu a Internacionalização e o Departamento de Tecnologia Educacional do Arquidiocesano. Toda a parte técnica do projeto recebeu a orientação do Analista de Tecnologia Educacional, Thiago Camargo da Rocha. A docente da área de Internacionalização, Thrícia Sismotto Flores Young, atuou como mediadora, ensinando aos alunos conceitos sobre a criação de startups e promovendo brainstorms sobre negociação, visando explorar as habilidades de cada membro do grupo durante o processo de criação. Toda essa mentoria foi feita em língua inglesa. A intenção dos alunos é que o aplicativo passe a ser usado em todos os colégios do Marista Brasil.

Publicidade

De acordo com a professora Thrícia, os projetos desenvolvidos buscam soluções para situações-problema e todo o processo de construção é realizado por equipes, que unem alunos e educadores. "As atividades visam promover o raciocínio lógico, o senso crítico, o trabalho em equipe, a autonomia e a criatividade. Além disso, exercitamos também o uso de outro idioma, o que além de aprimorá-los no aprendizado da língua inglesa, os fez exercitar a prática do inglês em situações reais", explica a mediadora.

 

O Festival Marista de Robótica

A competição ocorreu em Porto Alegre (RS), nos dias 09 e 10 de novembro, na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), e reuniu cerca de 2 mil estudantes brasileiros e estrangeiros, de escolas públicas e privadas. Um dos objetivos do Festival é estimular os participantes a desenvolverem projetos em diferentes áreas de tecnologia, utilizando os aprendizados da sala de aula.

O evento é uma jornada empreendedora que envolve equipes mistas de estudantes do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio. Dentro do Festival, os estudantes são incentivados a participar de quatro modalidades: Desafio de Robôs, Desafio de Drones, Cidade Laboratório e Incubando Ideias.

As equipes são desafiadas a criar, projetar, documentar e compartilhar soluções que utilizam ou tenham relação com tecnologias desenvolvidas para resolução de problemas identificados no cotidiano, respeitando os três eixos de sustentabilidade: econômico, social e ambiental. Este ano, o tema escolhido foi "H2O: Essência da Vida", em que o Festival faz um convite à reflexão sobre a importância da água na vida humana e em todo o planeta. É um alerta para a necessidade de cuidar e preservar a água, adotando práticas sustentáveis e responsáveis e apoiando iniciativas que garantam o acesso universal à água potável e à preservação de recursos hídricos.

Publicidade

Presente desde 2008 no calendário, o Festival Marista de Robótica reúne anualmente estudantes Maristas e de instituições educacionais externas, que se encontram, durante dois dias, para vivenciar desafios e pesquisas que envolvem a Robótica Educacional, a Aprendizagem Criativa, a Codificação e o Empreendedorismo.

Opinião por Natália Venâncio
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.