Enem e Vestibulares: entenda o Censo Demográfico

O Censo Demográfico é uma pesquisa que consiste no levantamento de dados populacionais de um país ou outra divisão territorial. O Censo é um processo derivado do Recenseamento, que desde milênios atrás, fazia o arrolamento ou contagem de pessoas de determinado território para otimizar sua administração. Com o passar do tempo e evolução das técnicas e tecnologias, esse cálculo se somou ao levantamento de dados sobre a mesma população, fazendo do Censo um importante instrumento para se conhecer o local administrado. A explicação é do professor de Geografia do Colégio e do Curso Pré-Vestibular da Oficina do Estudante de Campinas (SP), Renato Piton. 

Por Oficina do Estudante
Atualização:

"O censo acontece a cada 10 anos, tendo o último sido realizado em 2010. Esperava-se que o Censo fosse feito no ano de 2020. Todavia com o avanço da pandemia da Covid-19 e a necessidade do distanciamento social, tanto em 2020, como em 2021, a pesquisa teve de ser adiada. Com o importante avanço da vacinação e maior proteção da população, a pesquisa começou em 1º de agosto (Mais informações podem ser encontradas no site oficial: https://censo2022.ibge.gov.br/)", comentou.  

                        Renato Piton, professor de Geografia da Oficina do Estudante  

PUBLICIDADE

Segundo o docente, os dados são de grande importância para a administração pública. Detalha que o Censo responde perguntas simples e essenciais como: "quantos", "onde", "para quem", ou mesmo "para quem primeiro".

"A distribuição de verbas para programas e criação de agendas dependem diretamente desses dados", enfatiza. 

Completa que, a defasagem desses dados tira a precisão demográfica da análise. "Certamente o Brasil não é mais o mesmo de 2010 em números. Então, passa-se a trabalhar com arredondamentos e outras instâncias de análises que reduzem a acurácia das ações", contextualizou. 

O IBGE e o Censo nos vestibulares e no Enem 

Publicidade

O professor Piton destaca que, no Brasil, o Instituto de Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) é responsável pela realização do Censo e levantamento de diversos outros dados oficiais. 

"Dessa forma, acaba também sendo a principal fonte de levantamento de dados para a formulação de questões para o vestibular. Todavia: ATENÇÃO! Não haverá tempo hábil para os dados dessa edição do Censo constarem no Enem ou vestibulares para os ingressos de 2023. Não é por isso que o fato da realização do Censo deva ser ignorado pelo vestibulando. Pelo contrário, considerando essa uma importante atualidade, o candidato deve estar atento em seu processo, funcionamento, importância, histórico e expectativas", falou. 

Termina ressaltando que o IBGE foi criado em 29 de maio de 1936, o que marca também o Dia do Geógrafo no Brasil, tão grande é sua relevância. Pondera que o IBGE é um respeitado instituto que vem evoluindo suas técnicas para sempre nos manter atualizados em relação a conhecer a realidade que nos cerca, sobretudo em mapas e números. "Outra importância do instituto é a credibilidade. Dada nossa época de disseminação de informações sem fundamentação teórica ou intencionalmente mentirosas, ter um local com histórico de responsabilidade com a ciência e dados, nos conforta e oferece grande arcabouço teórico confiável", frisou.