PUBLICIDADE

Por que Diogo Defante usa tapa-olho? Entenda motivo do acessório

Humorista tem condição oftalmológica e já disse ter ouvido de médicos que patologia era ‘charme’

PUBLICIDADE

Foto do author Simião  Castro
Por Simião Castro
Atualização:

O tapa-olho de Diogo Defante voltou a despertar curiosidade no último fim de semana, após a participação do humorista no Caldeirão com Huck. No programa, ele levou o vencedor do BBB 24 Davi Brito para as ruas de cidades da Baixada Fluminense.

Defante usa o acessório já há muitos anos, mas muita gente não sabe o motivo. A razão é que o rapaz tem uma condição em um dos olhos, que o fez usar o tapa-olho e óculos escuros por muito tempo.

PUBLICIDADE

Trata-se da ptose palpebral, popularmente conhecida como “pálpebra caída”. Podem haver dois tipos comuns da ptose palpebral: a congênita ou adquirida, dependendo da época em que ela aparece, de acordo com o site da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Ocular.

Na congênita, a pessoa já nasce com a condição em razão de uma má formação de um músculo responsável por levantar a pálpebra. Já a adquirida pode aparecer no decorrer da vida por diversos fatores, como perda do tônus muscular na região (geralmente em idosos), condições neurológicas, paralisias, machucados ou cicatrizes na área.

Diogo Defante em participação no Domingão com Huck Foto: Manoella Mello/TV Globo/Divulgação

O caso de Defante é adquirido, conforme compartilhou em diversas entrevistas. Ele não nasceu com a ptose palpebral. Ele contou, em entrevista ao podcast Inteligência Ltda, que o problema iniciou em razão de um cílio inflamado. Tempos depois, começou a perceber que a pálpebra não estava simétrica com a do outro olho.

“Eu fiz uma pesquisa muito sinistra dessa parada, porque eu não sabia o que eu tinha. Fui em vários oftalmologistas, e eles falavam ‘é teu charme’”, revelou no programa, expressando indignação. “Foi uma doideira, porque eu tive que ir convivendo com essa mudança. Mas eu tenho que me aceitar”, afirmou.

Recentemente, ele fez uma cirurgia para tentar reparar a condição. Em 1º de fevereiro ele publicou uma foto no Instagram com a equipe com o cirurgião oftalmologista André Borba e a equipe responsável pela operação, agradecendo pela intervenção ocular. “Fim de uma era”, brincou.

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.