PUBLICIDADE

Morre, aos 31 anos, Cat Janice, que viralizou com música para garantir futuro do filho

Cat Janice viralizou no início de fevereiro com a música ‘Dance You Outta My Head’; ‘Cat descansa em paz, por saber que continuará a sustentar seu filho através da música’, lia-se na nota

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:
Cat Janice e seu filho de 7 anos Foto: @cat.janice via Instagram

A cantora Cat Janice, que viralizou em fevereiro com música feita para o filho, morreu nesta quarta-feira, 28, aos 33 anos. A notícia foi confirmada no Instagram da cantora. Ela batalhava contra um câncer no pulmão desde julho do ano passado. “Na manhã de hoje, na casa onde passou sua infância e rodeada pelo amor de sua família, Catherine entrou pacificamente na luz e no amor do seu criador celestial”, lia-se na postagem.

“Somos eternamente gratos pela demonstração de amor que Catherine e nossa família receberam nos últimos meses. Cat viu sua música chegar a lugares que ela nunca esperava e descansa em paz, por saber que continuará a sustentar seu filho através de sua música. Isto não teria sido possível sem todos vocês”, diz a nota.

História

Cat Janice enfrentou um câncer terminal e transformou sua luta em uma mensagem de esperança e amor. Para assegurar um futuro para seu filho de sete anos, Loren, Catherine compôs uma música e registrou os direitos autorais em nome do menino. A canção rapidamente se tornou um fenômeno viral nas redes sociais.

PUBLICIDADE

A música, intitulada Dance You Outta My Head, foi compartilhada primeiro no TikTok, onde Catherine aparece em uma cama de hospital, expressando o seu desejo: “Acho que estou sendo chamada para casa. Minha última alegria seria se você pré-salvasse minha música Dance You Outta My Head em minha bio e a transmitisse, pois todos os lucros vão diretamente para meu menino de 7 anos que estou deixando para trás”.

O apelo sincero de Catherine não passou despercebido. Enquanto ela era transferida para os cuidados paliativos em sua casa de infância, o vídeo se espalhou pelo TikTok, com mais de 400 mil vídeos, e pelo Instagram Reels, com mais de 50 mil vídeos, tornou-se um hino de superação e afeto. Links para as plataforma têm atraído uma multidão de internautas que, tocados pela história, participaram da campanha dançando pela causa.

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.